PUB

Cultura

Fogo: Festival do Café acontece de 23 a 24 de Abril

A VII edição do Fogo Coffee Fest, queterá espaço na cidade de Igreja, Mosteiros, pretende valorizar e promover este produto orgânico da ilha do vulcão, durante dois dias. O evento é promovido pela Câmara Municipal dos Mosteiros, com uma programação limitada devido à Covid-19.

A Feira do Café, habitualmente, acontece todos anos, desde 2014, mas em 2020 viu-se suspensa com a chegada do vírus a Cabo Verde. Este ano, adaptada ao contexto de crise sanitária, além de promover o café, a feira tem por objetivo homenagear todos quantos têm contribuído para a afirmação da cafeicultura nos Mosteiros.

Devido às restrições pandêmicas o programa é mais modesto comparativamente aos anos anteriores, com participação do público também limitada.

Contudo, o evento dará a oportunidade para que os produtores, proprietários, empresários, dirigentes políticos,especialistas, empresas e operários deste sector se reunirem para momentos de partilha e de contactos.

A edição deste ano do Festival do Café do Fogo é antecedida de uma feira de artesanato e do agronegócio, que começa na quinta-feira, 22.

No evento, será realizada uma sessão especial do encontro literário “Café com versos”, para apresentação da obra “Manual di mudjer”, do artista Princezito e muitas outras atividades.

Para o segundo dia, está previsto o café da manhã em Monte Barro, final de concursos sobre café do Fogo,nomeadamente de poesia, confecção de bolo de café, “café com ajunta”, entrega de prémios dos concursos e música ao vivo com artistas locais e Princezito.

Este festival coincide com o período final da colheita de café nas zonas altas do município dos Mosteiros que,segundo alguns proprietários, a produção dos últimos anos tem sido “fraca e abaixo da expectativa”.

O café é cultivado, principalmente,na área montanhosa e fértil dos Mosteiros, sobretudo do Morgadio de Monte Queimado.

Considerado um dos melhores do mundo,em 1917 e 1918, o café do Fogo conquistou os primeiros prémios numa exposição agrícola realizada na Cidade da Praia, além de ter tido uma participação na grande exposição da Índia Portuguesa, em 1954.

C/ Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top