PUB

Ambiente

Rede de vigilantes marinhos realiza campanha de limpeza do fundo do mar na praia de Santa Maria

A Rede de Vigilantes Marinhos realiza, neste sábado (8) uma campanha de limpeza do fundo do mar na praia de Santa Maria. Esta campanha vai ser desenvolvida em paralelo em 30 pontos da costa espanhola, colombiana, brasileira e cabo-verdiana. A Rede de Vigilantes Marinhos é uma iniciativa formada por mergulhadores voluntários que lutam contra o lixo marinho.
Cabo Verde se estreia como participante na Limpeza de Fundos da Rede de Vigilantes Marinhos, que pelo terceiro ano consecutivo está sendo realizada nas costas espanholas. Com essa iniciativa, os mergulhadores da Rede de Vigilantes Marinhos querem se unir à grande acção de remoção de lixo do ambiente natural lançada pela SEO/Birdlife e Ecoembes (organização espanhola para a reciclagem dos resíduos).
Sob o nome ‘1 m2 pela natureza’, o Projeto Libera convoca mais uma vez milhares de cidadãos com o objectivo de manter os espaços naturais livres de lixo. Os membros da Rede de Vigilantes Marinhos têm se envolvido por mais um ano nesta iniciativa, a fim de atuar no seu ambiente, o mar, extraindo resíduos de vários tipos e, assim, destacando o grande problema que o lixo representa para os ecossistemas subaquáticos. Os resíduos sólidos que chegam aos mares e oceanos causam a morte de mais de um milhão de aves marinhas e cem mil tartarugas e mamíferos marinhos anualmente.
A iniciativa na costa cabo-verdiana terá lugar na praia de Santa Maria, na ilha do Sal, especificamente na área de Pontão. O local foi escolhido porque é um ponto muito turístico e um lugar onde o mercado de peixe local é estabelecido todos os dias, o que muitas vezes resulta no abandono de uma grande quantidade de resíduos na área.  O encontro para limpeza  contará com a participação de cerca de 60 pessoas, incluindo mergulhadores e pessoal de apoio terrestre.
A actividade é organizada localmente pelo Projecto Biodiversidade e conta com o apoio e colaboração da Câmara Municipal da Ilha do Sal, a organização dos Jogos Africanos de Praia Sal 2019, Buddy Bar e Quiosque Olá Brasil. Além desses colaboradores, 100% dos centros da Ilha do Sal participarão enviando voluntários para realizar a limpeza subaquática, o que denota a grande consciência na ilha sobre a protecção dos mares.
Os centros de mergulho são: Scuba Caribe Sal Island, Eco Dive School, Atlantic Star & Nautical Center, Santa Maria Dive Center, Cabo Verde Diving, Scuba Team Cabo Verde, Manta Diving Center, Cabo Verde Diving e Relax Dive Center. Junto com os mergulhadores, 30 alunos da escola Olavo Moniz da cidade de Espargos vão se unir para realizar uma limpeza de praia em paralelo.
A limpeza subaquática vai se enquadrar dentro da comemoração do Dia Mundial dos Oceanos e vai ser a primeira de muitas actividades comemorativas organizadas pela Câmara Municipal do Sal, a organização dos Jogos Africanos de Praia, Projeto Biodiversidade e o Ministério da Economia Marítima de Cabo Verde.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top