PUB

Sociedade

Praia ganha hoje mais um feriado municipal e celebra os 161 anos da Cidade

O município da Praia celebra, este ano, pela primeira vez, a 29 de Abril, o dia da Cidade da Praia e dos seus 161 anos de existência.

O 29 de Abril, que se assinala hoje, passou a ser feriado municipal por deliberação da Assembleia Municipal, de 23 de Março de 2018, e publicado no Boletim Oficial, II Série, nº 43 de 18 de Julho.

À semelhança dos outros municípios e concelhos, Praia passa a ter dois feriados locais: 29 de Abril, “Dia da Cidade da Praia”, e 19 de Maio, “Dia do Município da Praia”.

O presidente Óscar Santos disse, na altura, da eleição de 29 de Abril como “Dia da Cidade da Praia”, que a CMP teve o cuidado de se reunir com historiadores e associações para discutirem o assunto. E, no fim, ficou decidido que se deveria adoptar o 29 de Abril e o 19 de Maio como feriados municipais.

Santos sublinhou ainda que, por razões históricas, o 19 de Maio já faz parte do imaginário dos praienses como o dia do município, uma data que passou a ser celebrada depois da independência nacional. Pois, a 19 de Maio de 1974, um grupo de jovens envolveu-se num confronto com tropas portuguesas, ao se manifestarem pela independência nacional.

Para Óscar Santos, não faz sentido que o aniversário da cidade da Praia seja celebrado a 19 de Maio quando, na verdade, ela foi fundada a 29 de Abril. Sendo assim, a partir de agora, enquanto município e concelho, Praia passa a ter dois dias para celebrar o seu desenvolvimento e conquistas: 29 de Abril e 19 de Maio.

E para assinalar a “nova” data, o vereador da Cultura, António Lopes da Silva avança que a CMP tem programado uma série de actividades culturais, seguida de inaugurações das obras de requalificação do Centro Histórico da Cidade, bem como das melhoria de Cobon e outros lugares.

Tober garante, outrossim, que vai haver festa rija no Platô, sob o lema “Praia di nós Tudo”.

“Estamos cientes de que a Praia é uma cidade cosmopolita que acolhe gente de todos os pontos de Cabo Verde e dos outros países. Por isso, temos um programa cultural abrangente”, afirma. Segundo aquele responsável camarário, as actividades comemorativas começaram no sábado, 27, com a inauguração das obras de requalificação da zona de Cobom e Fonton, seguida de animação cultural com a actuação de vários grupos musicais.

Para esta segunda-feira, 29 de Abril, Dia da Cidade, haverá inaugurações da requalificação de toda parte sul do Platô, que abrange a zona do memorial Diogo Gomes, Ténis e Cruzeiro.

Já nível das actividades culturais, foram montados stands com a representação de cada ilha de Cabo Verde para realização de actividades culturais, exposição produtos artesanais e degustação de pratos tradicionais.

Haverá também um stand para as várias comunidades estrangeiras e residentes na capital.

Conforme António Lopes da Silva, a festa vai terminar com um espectáculo musical na zona do Ténis com artistas nacionais de renome. Neste caso, o cabeça de cartaz é o cantor Kino Cabral. Mas haverá espaço ainda para tabanca, batuque e teatro.

História

Importa referir que a então Vila da Praia de Santa Maria da Victória foi elevada à categoria de cidade, em 29 de Abril de 1858, por decreto assinado pelo Ministro de Ultramar, Visconde de Sá da Bandeira, publicado no BO nº 29/1858 de 14 Junho. A denominação de Cidade da Praia ficou, definitivamente, como a capital de Cabo Verde, concentrando as funções de centro político, religioso e económico. Já o 19 de Maio foi instituído como sendo símbolo da resistência colonial e Dia do Município. Isto porque, como atrás foi referido, a 19 de Maio de 1974, um grupo de cidadãos praienses (jovens) manifestavam-se no Platô contra o regime colonial, tendo sofrido represálias da tropa portuguesa. Um dos manifestantes foi alvejado com um tiro na perna.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top