PUB

Sociedade

São Vicente: Vereadora exorta PJ a investigar a existência de casas de prostituição infantil

Lídia Lima, falava ontem, no Mindelo, no acto de lançamento da campanha contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, desenvolvida com base numa parceria entre a Acrides, o ICCA e instituições da sociedade civil do Brasil e do Luxemburgo que trabalham para a eliminação da exploração sexual de crianças e adolescentes.

“Temos relatos, mas nada oficial, que há casas de prostituição infantil em São Vicente, pelo que há que prestar atenção a esses relatos, acompanhar e averiguar muito bem aquilo que está a acontecer com as crianças, principalmente as mais vulneráveis “, concretizou a responsável que defendeu “tolerância zero” contra a exploração e os abusos sexuais.

Ademais, Lídia Lima considerou que todos devem estar atentos nesta matéria e transmitir a ideia de “não existe tolerância” em São Vicente e em Cabo Verde para com os abusadores sexuais das crianças.

Da mesma forma considerou que não pode haver o sentimento de impunidade, e, por isso, pediu celeridade aos tribunais nos processos de abuso sexual contra crianças e adolescentes.

O foco da campanha lançada hoje em todo o país é uma “aposta forte” na prevenção e, até o final do ano, o ICCA pretende concretizar uma série de actividades de prevenção como palestras, actividades nas escolas e reflexões, juntamente com a Rede Local de Prevenção e Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes.

A campanha tem como lema “Basta de abuso contra crianças e adolescente” e visa essencialmente “despertar” no seio da população a consciência de que esta é uma causa de todos, que a violência é crime e que toda a sociedade deve estar atenta e denunciar.

Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top