PUB

Economia

Santo Antão: Amupal com projectos para aproveitar “grande quantidade” de frutas que se perde no Planalto Leste

Uma grande quantidade de frutas, produzidas no perímetro do Planalto Leste de Santo Antão, tem sido sub-aproveitada pelos agricultores, ao longo dos anos, facto que preocupa a associação local das mulheres, a Amupal.

A presidente da Amupal, Josefa Sousa, disse que a associação tem projectos para aproveitar esse potencial, um dos quais já na fase de implementação, relacionado com a produção de sumos, doces e licores a partir da transformação de frutas, como marmelo, maçã e outros, produtos que estão no mercado há cerca de três meses.

Trata-se de um projecto que contou com apoio da Cooperação Portuguesa e da organização não-governamental Atelier Mar, que abarca 17 mulheres chefes de família, segundo a presidente da Amupal, Josefa Sousa.

A Amupal tem na forja outros projectos visando o aproveitamento do potencial existente no Planalto Leste a nível da  fruticultura, estando a procura de parceiros para avançar para uma experiência piloto de produção de vinhos.

A ideia é produzir, sobretudo, para os turistas que frequentam Planalto Leste, zona onde existe uma “importante produção” de uvas, mas desaproveitada pelos próprios agricultores.

Foi já lançada a ideia de promoção de uma feira no Planando Leste para divulgar o potencial agrícola da localidade, com enfoque no domínio da fruticultura.

Figos, marmelo e maçã da terra, produzidos em abundância, têm estado a ser vendidos ao desbarato ou estragar no Planalto Leste.

Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top