PUB

Sociedade

Achada Grande Frende recebe primeiros formandos em multimédia e jornalismo cívico

Cerca de 30 formandos terminaram na sexta-feira 17, as ações de formação em mapeamento multimédia e jornalismo cívico, nas áreas de fotografia, edição de vídeo, e produção de documentários.

Segundo Cláudio Semedo (tesoureiro da associação do Pilorinhu) de entre as ações de formação, os formandos participaram numa oficina de multimédia para que possam manusear a plataforma digital “Txeca Zona” nos meios televisivo e radiofónico, cujo o objetivo é promover os bairros e principalmente divulgar as comunidades de Achada Grande, Lém Ferreira, Safende, Achada Santo António e Achada Grande Trás.

O projeto Xalabas teve como objetivo melhorar a imagem dos bairros, a percepções negativas e lutar contra a fraca abrangência sobre os acontecimentos da comunidade que tem afetado a vida dos moradores.

De acordo com Cláudio Semedo, na sua criação teve também um outro objetivo que foi a de desenvolver as comunidades para acrescentar valor económico, melhorar vida das famílias e promover um turismo sustentável e responsável.

O projeto Xalabas foi financiado pelo União Europeia em 50 mil contos, e foi implementado pela associação Pilorinhu e África 70 em parceria com a Câmara Municipal da Praia. Foi executado num período de 36 meses, em diversas fases. O projeto conta com 90 por cento (%) de financiamento da união europeia e 10 % da Associação de Pilorinhu e terá a duração de 3 anos.

 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top