PUB

Sociedade

Última hora: Ossadas encontradas em Janeiro em Achada Grande Trás são da Edvânea Gonçalves

A Polícia Judiciária acaba de confirmar que as ossadas encontradas no passado dia 18 de Janeiro, na localidade de Ponta Bicuda, em Achada Grande Trás, pertencem à menor Edvânea Gonçalves, desaparecida a 14 de novembro de 2017, no bairro de Eugénio Lima, na cidade da Praia.

Após submeter o material extraído das ossadas encontrada aos exames de DNA, e após comparação com material genético dos progenitores dos desaparecidos até à data da descoberta das ossadas (Edine Soares, Maurício Soares e Edvânea Gonçalves), a PJ diz que estes apresentaram uma “probabilidade de 99,9999 por cento (%) de chances de pertencerem à menor Edvânea Gonçalves”.

Diante dos factos, a PJ informa que se está perante um caso de homicídio, pelo que as investigações serão direcionadas neste sentido com vista à descoberta do autor deste crime e dos outros desaparecimentos, Edine Soares, Maurício Soares.

Recorde-se que ainda há pouco tempo o Procurador Geral da República, Óscar Tavares, disse publicamente que a PJ estava a seguir pistas que apontavam para que os menores pudessem estar vivos.

GC

 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top