PUB

Mundo

Guiné-Bissau: Tribunal suspende congresso do PAIGC 

 
Um Tribunal regional da Guiné-Bissau ordenou a suspensão do congresso do PAIGC (Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde) – principal partido no Parlamento guineense -, atendendo uma providencia cautelar intentada por um grupo de militantes, disse esta sexta-feira à Lusa fonte partidária.
Segundo a fonte, a decisão do Tribunal regional de Bissorã, que cobre toda zona Norte da Guiné-Bissau, vai parar com o processo que ia levar a realização do nono congresso do PAIGC.
O congresso deveria começar na próxima terça-feira, 30, e decorrer até 4 de Fevereiro.
A fonte do partido disse à Lusa que “a situação está a ser analisada” e só depois haverá um pronunciamento.
De acordo com a mesma fonte do PAIGC, os autores da providencia cautelar – militantes de várias zonas das regiões de Oio e Cacheu, norte da Guiné-Bissau -, “alegaram terem sido injustamente excluídos das listas de delegados” ao congresso.
O PAIGC realizou conferências de base entre os meses de novembro e dezembro para a escolha dos 1261 delegados ao congresso.
O partido vive momentos de uma profunda crise interna com militantes e dirigentes devidos em dois grupos. Uns, apoiantes da direção, e outros, alinhados com os 15 deputados expulsos do partido em 2015, acusados de indisciplina partidária.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top