PUB

Mundo

Bélgica entrega suspeito dos atentados de Paris à Justiça francesa

Um dos suspeitos dos atentados terroristas de Paris, em que morreram 130 pessoas em Novembro de 2015, Mohamed Bakkali, foi entregue às autoridades francesas pela Bélgica, anunciou a procuradoria federal belga.

Mohamed Bakkali, de 30 anos, considerado o homem que alugou a casa na localidade belga de Schaerbeek, onde foram fabricados os cintos explosivos para os atentados em Paris, estava preso desde o final daquele mês, na Bélgica.

Em 30 de Junho de 2016, a Justiça belga tinha autorizado a sua entrega à França, na condição de que este, depois de julgado naquele país, fosse reenviado para a Bélgica para aí cumprir pena ou “a medida de segurança que lhe fosse aplicada”.

Bakkali é suspeito de ter alugado o BMW utilizado na preparação dos atentados que causaram 130 mortos e mais de 350 feridos na capital francesa, a 13 de Novembro de 2015, e também de ter alugado o esconderijo onde foram fabricados os cintos explosivos usados nesse dia.

O suspeito terá também desempenhado um papel relevante na organização do atentado falhado no comboio Thalys Amesterdão-Paris, a 21 de Agosto de 2015.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top