PUB

Mundo

UE repudia aprovação da pena de morte em Israel 

A União Europeia (UE) manifesta o seu repúdio após a Câmara dos Deputados israelita ter aprovado, preliminarmente, um projeto de lei que permitirá aplicar a pena de morte a condenados por terrorismo.
“A UE opõe-se à pena de morte, em todas as circunstâncias e sem excepção, e estamos a trabalhar para a abolição universal”, afirmou o porta-voz Carlos Martin Ruiz De Gordejuela, em conferência de imprensa.
Após um intenso debate, a Câmara dos Deputados israelita deu luz verde – com 52 votos a favor e 49 contra – a uma emenda ao Código Penal apresentada por Israel Beitenu (do partido do Ministro da Defesa, Avigdor Lieberman), apesar da opinião contrária da Procuradoria-Geral do Estado.
Israel aplica a pena de morte em casos excepcionais, como para o genocídio nazi (aplicada em 1962 a Adolf Eichmann) e para a alta traição, em caso de guerra, com graves consequências para a segurança do Estado ou dos seus cidadãos, mas esta última nunca foi aplicada.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top