PUB

Cultura

“Boas Festas” de Luís Morais elevado a património histórico cultural nacional

O Conselho de Ministros, reunido esta quinta-feira, em sessão ordinária, aprovou o projeto de resolução que classifica o LP ‘Boas Festas’ de Luís Morais como património histórico cultural nacional.
Segundo um comunicado do Governo, o LP em vinil «Boas Festas», da autoria do músico Luís Morais, “é, seguramente, um dos mais emblemáticos registos discográficos que enformam a música cabo-verdiana”.
No disco, todo ele dominado pela coladeira-samba, destaca-se o clarinete como
instrumento solista, “magistralmente executado” por Luís Morais. O acompanhamento é assumido pelo “célebre” conjunto Voz de Cabo Verde, uma “referência incontornável” da música cabo-verdiana e do qual Luís Morais foi cofundador.
“Boas Festas é um disco intemporal que está inscrito na memória coletiva dos cabo-verdianos, quer pelo seu alto valor artístico intrínseco, quer pela carga afetiva que lhe está subjacente”, destaca o comunicado
Em Cabo Verde, Boas festas “é o disco mais ouvido de todos os tempos, tendo a magia de remeter toda a nação cabo-verdiana para a quadra festiva, como, de resto o próprio título sugere”.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top