PUB

São Vicente

Dom Ildo Fortes proclama as igrejas jubilares da Diocese do Mindelo

Algumas igrejas e capelas estão designadas pelo Bispo da Diocese do Mindelo, Dom Ildo Fortes, com igrejas jubilares.
Esta decisão depois de o Papa Francisco, pela Bula Misericórdiae Vultus (Mv), ter proclamado para a Igreja, um ano especial de graça, um Jubileu Extraordinário da Misericórdia.
No inicio da Misericórdiae Vultus, o Santo Padre mostra que Jesus Cristo é o rosto da misericórdia do Pai; “Ele revela a misericórdia de Deus e que precisamos sempre de contemplar o mistério da misericórdia que é fonte de alegria, serenidade e paz”.
E para que a mensagem atinge todas as Igrejas Locais, o Papa estabeleceu que na Igreja Catedral e noutras igrejas ou santuários da Diocese, por opção do Bispo, “se abra uma Porta Santa – a Porta da Misericórdia, onde os fiéis, atravessando-a, possam ser abraçados pela misericórdia de Deus e se comprometam a serem misericordiosos com os outros como o Pai Celeste o é connosco”.
No caso da Diocese do Mindelo, a abertura desse jubileu acontece no dia 13 de Dezembro, com a realização de Rito e Procissão. Cinco dias após a abertura oficial do Jubileu em Roma, feita pelo Papa na Basílica de S. Pedro, marcada para esta terça-feira (8). O ano jubilar termina a 20 de Novembro de 2016.
Designa-se então as seguintes igrejas: S. Vicente: Pró-Catedral de Nossa Senhora da Luz, Santuário de Nossa Senhora de Fátima (Mato Inglês); S. Antão: Igreja de Nossa Senhora do Rosário, Capela de S. João Baptista na Ribeira (Porto Novo); S. Nicolau: Igreja de Nossa Senhora do Rosário, Capela de Nossa Senhora do Monte Sentinha; Sal: Igreja de Nossa Senhora das Dores, Capela de Nossa Senhora de Fátima; B. Vista: Igreja de Santa Isabel, Capela de Nossa Senhora de Fátima.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top