PUB

Sociedade

Tirzah representa Cabo Verde no Miss Eco Queen’2016

A modelo Tirzah Évora vai representar Cabo Verde no Concurso Miss Eco Queen, no Egipto, a acontecer de 18 de Fevereiro a 5 de Março do próximo ano. Cerca de 50 candidatas participam no evento e a representante crioula promete trazer uma faixa, depois de mostrar, mais uma vez, a cultura e a beleza deste arquipélago.
“Miss Eco Queen” é organizado pela “Beauty for Eco” e passa por eleger a “Rainha ECO”. Esta tem como missão promover o mundo de negócios ligado ao ecoturismo – em todo o mundo -, segundo o princípio: “Vamos segurar o nosso planeta não só ambientalmente, mas culturalmente”, lê-se na página oficial do Concurso, no Facebook.
Assim, de 18 de Fevereiro a 5 de Março, cerca de 50 candidatas do mundo inteiro devem mostrar os seus dotes, tanto no que toca à beleza pessoal, como chamar a atenção para o ambiente e para cuidados que o planeta hoje deve ter. Durante o Concurso, cada candidata terá ainda a oportunidade de divulgar a cultura do respectivo país.
Sabendo disso, Tirzah Évora, natural da ilha do Sal, assegura que encara o evento como um grande desafio. “Será mais uma oportunidade de mostrar um pouco da nossa tradição. Quero fazer isso da melhor maneira, afinal, por onde passo, levo sempre o amor à minha Pátria, mas sempre com humildade e dignidade”, salienta a jovem de 23 anos, ao A NAÇÃO.
Embora o convite, feito através do Facebbok, a tenha apanhado um pouco de surpresa, Tirzah assegura estar pronta para realçar o “ bem-estar no corpo, na mente e no espírito”, aliás, os requisítos do Concurso. Já agora: promete lutar para “trazer uma faixa para Cabo Verde”.
Do desporto para a moda
Se tal acontecer, esse não será o único título dessa modelo que há quatro anos vive e trabalha nos Estados Unidos da América (EUA). Em 2011, conseguiu ser eleita a mulher mais bela de Cabo Verde, e, no ano seguinte, arrecadou o título de primeira-dama (segunda mais bonita), da Miss CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental). Mesmo com esse palmarés, a nossa entrevistada diz que, a princípio, não tinha moda como opção profissional.
“Pois não, sempre gostei de praticar desportos e sempre me diziam que eu tinha estilo para ser modelo, mas não era o que eu queria mesmo. Aliás, quando viajei para os EUA foi para jogar basket numa universidade”, explica.
No momento, em que se candidatava ao título de Miss Cabo Verde, Tirzah estava a meio de treinos intensivos para concorrer a essa bolsa de estudos de basquetebol, conforme uma entrevista dada ao blogue Universo Kriola. A ida para os EUA concretizou-se, entretanto, mas não se realizou o sonho de basquetebolista profissional, como era o desejo do pai, e a menina de 19 anos.
Naquela altura, acabou por apaixonar-se pelo mundo da moda, como sempre fora incentivada pela mãe. Isto a ponto de a sua primeira experiência nesse ramo ter sido aos 16 anos, com a participação no Ilhéu Fashion Week, na ilha de São Vicente. E hoje, como modelo profissional, na agência Dynasty Models e Talents, dá dicas às futuras seguidoras.
Beleza natural
“Imensas qualidades representam uma Miss, beleza natural, ser uma pessoa simples, mas, ao mesmo tempo, muito cuidada e vaidosa, muita sabedoria, incluindo cultura geral, saber falar várias línguas, saber comunicar, saber aceitar críticas, ter mente aberta e boa apresentação física. Resumindo e concluindo: deve ter uma boa imagem, tanto por fora, como por dentro”, aconselha Tirzah Évora, alertando que, como é “fugaz” o mundo da passarela, “em pouco tempo, deve-se demonstrar do que és capaz”.
Tirzah Évora tem sido solicitada para grandes eventos, inclusive representando grandes estilistas americanos. O mais recente foi o Style Fashion Week, que aconteceu na semana passada, terça-feira, 17 de Setembro, em Providence, onde representou também a estilista cabo-verdiana Angélica Timas. Isto além de ter estado em Nova York a participar em castings para o New York Fashion Week, como também para outras agências.
Na próxima semana, de 27 de Setembro a 3 de Outubro, será a vez do Boston Fashion Week, entre tantos outros projectos e actividades em que se encontra envolvida, mas que a modelo prefere anunciar futuramente. Tirzah garante que os mesmos se materializam antes do fim do ano e poderão contribuir para conseguir apoios e divulgar a sua participação e a de Cabo Verde no Eco Queen Egipto’2016.
 
 
 
 
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top