PUB

Ambiente

País agiu de forma “convergente” para fazer face aos efeitos do furacão “Fred” – primeiro-ministro

O primeiro- ministro disse hoje, na Cidade da Praia, que o país agiu de forma “convergente” para fazer face aos efeitos do furacão “Fred” e que todo o sistema de protecção civil funcionou.
Em declarações à imprensa, depois de uma reunião ministerial para balanço dos estragos causados pela tempestade tropical, José Maria Neves destacou o trabalho a nível das autarquias, considerando que responderam rapidamente.
“Globalmente as instituições funcionaram, todo o sistema de protecção civil funcionou, e a nível das autarquias regionais, as câmaras municipais responderam rapidamente, o que demonstra a consolidação do poder local em Cabo Verde”, frisou o chefe do Executivo.
A nível de estragos, disse que depois da primeira avaliação verificou-se alguns danos, nomeadamente, nas Ilhas do Boa Vista e do Sal, salientando a destruição do pontão na praia de Santa Maria, infra-estrutura que José Maria Neves garantiu que vai ser “imediatamente” construída.
“Não temos vítimas humanas, a nossa grande preocupação era proteger as pessoas para que ninguém pudesse sofrer directamente com os efeitos do furacão e felizmente não temos perdas humanas, apenas estragos matérias que nós podemos enfrentar e resolver nos próximos dias”, notou.
Quanto a medidas, avançou que nesta quarta-feira vai deslocar-se a todos os municípios da Ilha de Santiago para “in loco” verificar os estragos e no terreno tomar “as devidas medidas”.
Neste mesmo âmbito, anunciou as visitas das ministras de Infra-estrutura e do Turismo às ilhas do Sal e da Boa Vista, do ministro do Ambiente a Santo Antão, e da ministra da Saúde a São Nicolau.
Adiantou ainda que o Instituto de Estrada vai estar no terreno para avaliar os estragos e fazer as intervenções necessárias em Santiago e todas as ilhas, e que o Ministério da Infra-estrutura vai fazer a avaliação de todos os portos e pontes para ver as intervenções que terão que ser feitas.
Para terminar, José Maria Neves disse que o “aspecto positivo” da passagem do furacão “Fred” por Cabo Verde é a mobilização de “uma grande quantidade de água” nas barragens do país.
Segundo os dados do Centro Nacional de Furacões (NHC), da Universidade Internacional de Flórida, nos Estados Unidos, o furacão ‘Fred’ afastou-se do arquipélago de Cabo Verde durante a madrugada de hoje, depois de passar perto de São Nicolau, São Vicente e Santo Antão.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top