PUB

Sociedade

Trabalhadores dos Registos, Notariado, Identificação Civil e Criminal estão em greve

Os trabalhadores dos Registos, Notariado, Identificação Civil e Criminal iniciaram esta quarta-feira uma greve de dois dias.
Essa classe profissional reivindica a manutenção da carreira profissional dos actuais oficiais ajudantes e condições de exercício profissional dos trabalhadores do sector; resolução das promoções e progressões a todos os trabalhadores; publicação da lista de transição do pessoal, bem como a grelha salarial, anexado ao estatuto e a a publicação no Boletim Oficial, os nomes de todos os trabalhadores com Contratos há mais de cinco anos, bem como os seus respectivos cargos e níveis a que pertencem.
Exigem também a equiparação salarial dos funcionários atendedores, ao pessoal de apoio operacional de nível IV; a adopção de um modelo de avaliação, assente em regras transparente e com respeito pela adaptação das Leis, atendendo a especificidade do sector; atribuição de fundo de perdas para tesoureiro e concurso de ingresso para recrutamento de novos oficiais ajudantes.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top