PUB

Economia

“O grande constrangimento ao desenvolvimento do país é a falta de transportes marítimos” – PM

O primeiro-ministro, José Maria Neves, disse esta quarta-feira, 17, que o grande constrangimento restritivo ao desenvolvimento de Cabo Verde é a falta de transportes marítimos inter-ilhas.
José Maria Neves falava na sequência do batismo do “Nho Padre Benjamim”, navio cargueiro que veio colmatar as necessidades em termos de transportes marítimos inter-ilhas.
O chefe do governo congratulou-se com esta infraestrutura marítima privada, pertencente a empresa LUSOLINES, afirmando que “o navio será importante para unificar as ilhas e ligar o país a CEDEAO e ao mundo”.
“O nosso grande constrangimento restritivo ao desenvolvimento do país é a falta de transportes marítimos inter-ilhas, e vale a pena que, feitos esses investimentos de base, o sector privado invista na eficiência dessas infraestruturas e consiga contribuir para o aceleramento do ritmo de crescimento da nossa economia”, apontou.
“Temos que conquistar novos mercados e um barco dessa natureza pode garantir uma inserção competitiva de Cabo Verde na região oeste africana. Também podemos trabalhar, juntamente com a comissão da CEDEAO, para garantirmos uma prestação de serviços a região no domínio dos transportes marítimos”, realçou ainda o PM cabo-verdiano.
José Maria Neves, que se fazia acompanhar da ministra do Desenvolvimento Rural, Eva Ortet, presidiu a cerimónia de batismo do “Nho Padre Benjamim”, navio com capacidade para carregar 319 contentores (150 contentores cheios) de 92 metros de comprimento, correspondentes a 3.500 toneladas de carga.
António Neves
 
 
 
 
 
 
 
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top