PUB

Economia

Cabo Verde ganha autonomia no acesso à internet

A largura de banda de acesso à internet em Cabo Verde acaba de ultrapassar os 3Gbps. Todo o espaço de endereçamento atribuído pela Afrinic à CVMultimedia e a outras Entidades nacionais passaram a ser anunciados na internet associado ao Provedor “CV-Multimedia, SA”.
Foi em 1996 que Cabo Verde estabeleceu a primeira ligação à internet, na altura, com uma largura de banda de 64Kbps e 254 endereços IP Publico pertencente à empresa portuguesa Telepac, SA.
Em 2007, foi obtido pela CVMultimédia, junto da Afrinic (Entidade responsável pela gestão de espaço de endereço de Internet em África) um espaço próprio de endereçamento constituído por 20.000 endereços. “Não obstante este salto, os nossos endereços continuavam a ser anunciados na internet como rede da Marconi”, refere um comunicado da CVMultimédia.
Em termos práticos os internautas cabo-verdianos passaram a estar representados na internet por um provedor nacional, a CVMultimedia.
Esta melhoria na largura de banda traz, segundo o comunicado, “robustez e disponibilidade acrescida do país no espaço cibernético, autonomia na gestão do trafego da internet e a possibilidade de interligar a outros provedores internacionais, bem como a afirmação de Cabo Verde como entidade autónoma.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top