PUB

Desporto

Nacional de Futebol: Académico 83 denuncia constrangimentos

A direção do Académico 83 do maio, em tom de balanço da sua participação no campeonato nacional de futebol, apontou factos negativos de que diz ter sido alvo na sua deslocação à cidade do Mindelo na última jornada da primeira fase da competição.
Segundo um comunicado da direcção do clube, a equipa ficou retida quase dois dias na cidade da Praia, à espera duma ligação aérea para São Vicente, enquanto “adeptos do Boavista da Praia viajavam em vários outros voos ao longo desse período”.
No mesmo sentido revelam ainda que “em momento algum” tiveram contacto com quaisquer membros da Federação Cabo-Verdiana de Futebol (FCF), no sentido de lhes apoiar ou interceder junto da TACV, para que pudessem seguir viagem para Mindelo.
Ainda de acordo com o mesmo comunicado, toda a comitiva da equipa acabou por chegar à São Vicente passavam 30 minutos da meia-noite do dia seis de junho, sendo que não foram recebidos ou conduzidos por ninguém do Derby ou sequer da FCF.
“Sem o apoio de um taxista que se encontrava no aeroporto, dificilmente conseguíramos estabelecer o contato com o condutor que supostamente estava encarregado de os transportar ao Centro de Estágio onde mais tarde ficariamos alojados”.
A direção da equipa associa claramente esses constrangimentos ao resultado negativo alcançado perante o Derby e argumenta que caso houvesse maior entrega profissionalismo e melhores articulações os factos poderiam ser diferentes.
De relembrar que o Derby recebeu e venceu o Académico83 por quatro a zero na quinta e última jornada da fase de grupos do nacional de futebol, e ainda que os “estudantes do Maio” estavam a disputar a última vaga para a segunda fase com os seus opositores diretos Paulense e Académica do Porto Novo.
Jason Fortes

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top