PUB

Cultura

Todo Mundo Canta” com eliminatórias de quatro galas

O concurso “Todo Mundo Canta” em Mindelo organizado, neste ano de 2015, em eliminatórias que vão ser decididas em quatro galas.
A primeira das eliminatórias começa já neste sábado (6), em que serão eliminados oito dos 22 candidatos seleccionados dos castings . Na segunda gala, marcada para 13 de Junho,  mais oito concorrentes vão sair, de seguida, na terceira, vão ser resgatados seis talentos dos eliminados. A grande final acontece no dia 27 de Junho com 12 concorrentes, donde sairá o grande vencedor do “Todo Mundo Canta”.
Um novo formato definido assim pela Multi-Eventos, a nova organizadora, desde 2006, deste concurso que já fez despontar grandes vozes para a música cabo-verdiana.  Isto desde anos 80 que tinha lugar na JAAC e agora com a nova promotora que nesses nove anos realizou duas regionais e um  nacional, onde surgiram vozes com a Ceuzany, Khaly Angel e o músico boavistense Juary Livramento.
Agora, apesar de sem patrocínios, o gerente da Multi-eventos Eurico Évora quer resgatar o “Todo Mundo Canta” em São Vicente para “dar uma oportunidade aos inúmeros talentos que  existem em Mindelo tem e que de outra forma não têm como mostrar as suas capacidades”. Tanto assim é que estiveram  inscritos mais de 80 concorrentes.
Todas as galas serão realizadas na Escola Salesiana, depois de, como afirma Eurico Évora, a Câmara Municipal ter negado ceder o espaço Jotamont. Mesmo assim Évora garante “qualidade” para esse concurso que musicalmente está a ser suportado por um quarteto e tem como júris um professor de música, um músico e um profissional da comunicação social. Ainda entre as galas, os concorrentes têm a oportunidade de participar em aulas de cânticos para aperfeiçoar as performances.
Razões essas que cativaram os jovens Nadine Cibelle e Jacob Amoa Ko e os outros participantes, incluídos numa faixa etária entre 16 e 45 anos, que querem, quem sabe, ser mais uma revelação nesse concurso com história em Cabo Verde.
Além do regional em São Vicente, a Multi-Eventos pretende organizar uma gala a nível nacional, que poderá ter lugar no mês de Outubro. Caso não conseguir patrocínios, como segunda opção está um tour pelas ilhas de Cabo Verde para motivar e arrecadar apoios para que nacional possa ser uma realidade em 2016.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top