PUB

Desporto

Federação de Futebol sul-africana admite ter doado 10 milhões de euros à FIFA

A Federação Sul-Africana de Futebol (SAFA) reconhece que o Comité Local de Organização (LOC) do Mundial-2010 «doou» cerca de 10 milhões de euros à FIFA, organismo que tutela o futebol mundial, depois de a África do Sul ter sido eleita para organizar a competição.
O presidente da SAFA, Danny Jordaan, rejeita, no entanto, as alegações feitas pelas autoridades judiciais norte-americanas segundo as quais se tratou de um suborno.
O presidente da SAFA garantiu que o dinheiro era uma contribuição para o «Fundo de Desenvolvimento do Futebol» organismo dirigido pelo antigo vice-presidente da FIFA, Jack Warner, que está fortemente implicado no escândalo que está a abalar o futebol mundial.
Esta confissão de Jordaan segue-se a uma semana de desmentidos do ex-presidente, Thabo Mbeki, do ministro dos Desportos, Fikile Mbulula, e de outros responsáveis, que garantiram que a África do Sul não subornou ninguém para obter a organização do Mundial-2010.
Segundo o jornal Sunday Times, uma carta enviada pela SAFA à FIFA, detalhando a transferência de fundos com destino à Confederação da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF), constitui a prova irrefutável neste escândalo.
O jornal avança ainda que a carta, datada de março de 2008, foi assinada pelo antigo presidente da SAFA, Molefi Oliphant.
Fonte: A BOLA

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top