PUB

Cultura

Academia Cabo-verdiana de Letras cria “Grande prémio de literatura”

A Academia Cabo-verdiana de Letras (ACV), criou o “Grande prémio da literatura”, no ano em que se comemora os 40 anos da independência, em parceria com o Banco Comercial do Atlântico (BCA), em homenagem aos escritores e investigadores que “engrandeceram e deram notoriedade” a Cabo Verde.
Um prémio único  e “especial” e que será atribuído, numa cerimónia simbólica, a 5 de Julho do ano corrente, ao autor e  à obra que tiver uma obra literária ampla e de reconhecimento nacional e internacional.
“A Academia Cabo-verdiana de Letras e o BCA compartilham o entendimento de que a atribuição de prémios literários constitui uma justa homenagem a todos quantos, com a sua arte e a sua pena, vêm proporcionando à humanidade ou a importantes faixas dela, momentos de grande deleite, de aprazível lazer e agradável aquisição de saberes que a obra literária pode e deve proporcionar”, afirmou Vera Duarte, presidente ACL.
Para além de um diploma de reconhecimento, será igualmente atribuído um prémio de 500 contos ao escolhido pela ACL.
Entretanto, a ACL, juntamente com o seu mecenas, querem também editar de dois em dois anos, clássicos que há muito se esgotaram no mercado. “Queremos ajudar a colocar Cabo Verde no mundo”, afirmou António Castro Guerra, do BCA, que muito elogiou a cultura e literatura cabo-verdiana. CG

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top