PUB

Cultura

São Vicente: Mandingas enterram o Carnaval com multidão de foliões atrás

Os Mandingas da Ribeira Bote fizeram, neste domingo, o enterro simbólico do Carnaval 2015, juntamente com milhares de outros foliões mindelenses que aceitaram despedir-se, desta forma, do Rei Momo.

A fileira de pessoas que acompanhavam os mandingas, engrossava à cada zona por onde esses homens e mulheres, adultos e crianças, pintados de preto, passavam. Da Ribeira Bote, Fonte Inês, Cruz, Madeiralzinho, Chã de Alecrim… E por fim a Avenida Marginal onde o caixão seria ”afogado” no mar da Praia d´Catchor.
Um acto simbólico do enterro do Carnaval, em que os mandingas entram no mar e afundam o caixão da festa do Rei Momo, para ressuscitar no próximo ano. Outras pessoas aproveitam também para banhar-se e renovar as energias depois de vários dias de intensa vibração própria do Mindelo nestes dias de folia.

Todo o trajecto foi feito com muita batucada e ainda com um trio eléctrico, que arrastou uma multidão e que mesmo assim divertiu-se com civismo, não se registando nenhum incidente. Depois da cerimónia “fúnebre”, a festa continuou pela Rua de Lisboa, só terminando na zona de Ribeira Bote, novamente.
Agora o Carnaval e os mandingas só serão “ressuscitados” no próximo ano, mas deu para ver que os mindelenses já estão ansiosos para que esse dia chegue logo.
LN

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top