PUB

Política

MpD promove conferência para recolher contributos para sua agenda política 2016-2020

“Ganhar os desafios da próxima década” é o lema da conferência “Compromisso Cabo Verde” que o MpD realiza hoje e sábado, na Cidade da Praia, no âmbito da materialização da sua agenda política para o período 2016-2020.
Em declarações à Inforpress, o coordenador da comissão organizadora, José Luís Livramento, explicou que essa conferência, que contará com personalidades nacionais e estrangeiras, visa a preparação do MpD para uma “consistente agenda”, de modo partilhado e assimilado pela sociedade civil, forma que a mesma seja “ uma alternativa” para os cidadãos.
O actual Governo, adiantou esse dirigente do MPD, “não tem tido soluções e medidas” para os problemas do país, pelo que, neste momento, avançou, “ urge novas formas e novos argumentos” para competir no mercado internacional, com “menos impostos e burocracia”, com “melhores infra-estruturas e melhor justiça, educação, diplomacia”, de modo a criar riqueza para mais saúde, habitação, segurança, cultura e emprego.
“O MpD quer ser uma alternativa política clara, em que as soluções serão concretas mas em diálogo com a sociedade civil, na busca de soluções para que a próxima governação do MpD seja de maior consenso a nível nacional”, almejou.
Segundo adiantou, a conferência vai dar respostas a três questões essenciais, “Que Cabo Verde querem”, “Onde estamos” e “Onde queremos estar nos próximos dez anos”, identificando “as vias e os meios para a concretização”.
A segurança é, na perspectiva de José Luís Livramento, “uma das grandes preocupações” da sociedade cabo-verdiana. Por isso, será um dos temas em primeiro plano ao lado de outras preocupações, como o desemprego, a falta de rendimentos dos cabo-verdianos, e outras questões relacionadas com o financiamento da economia.
“Queremos uma mudança com base num compromisso com a nação e que traga soluções concretas para os problemas dos cabo-verdianos, dando prioridade ao desenvolvimento das empresas, ao emprego, ao rendimento e ao acesso a serviços de justiça, segurança, saúde, educação e informação de qualidade”, disse.
Presentes no evento vão estar personalidades como Ulisses Correia e Silva, Augusto Mateus, António Rebelo de Sousa, João Estevão, José Luís Fernandes, Jorge Spencer Lima, Carlos Veiga, Jorge Brito, António Moreira, Vasco Marta, entre outras figuras nacionais, especialistas em sectores como justiça, economia, segurança, finanças e gestão empresarial.
“Cabo Verde: diagnóstico, visão, desafios, e prioridades para a próxima década”, “Um modelo económico e social gerador de desenvolvimento inclusivo”, “Que Cabo Verde queremos”, “Como pretendemos concretizar a nossa visão”, “Uma economia exportadora: os factores de competitividade, o ambiente de negócios, o papel do sector privado e a economia das ilhas”, “Consolidar a nação no território e no mundo”, “Uma economia do conhecimento” e “O desafio do financiamento do desenvolvimento” são os temas que estarão em debate nos dois dias de conferência.
A abertura do evento, que terá como palco o salão nobre da Assembleia Nacional, está agendada para às 18:00.
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top