PUB

Ambiente

Vulcão do Fogo: Governo cria Gabinete de Crise

O brigadeiro Antero Matos vai presidir, a partir desta terça-feira, um gabinete de crise, sob a dependência directa do primeiro-ministro, para elaborar um plano de acção imediata para a fazer face aos efeitos da erupção vulcânica do Fogo, que se regista desde domingo.
Além do brigadeiro Antero Matos, o gabinete de crise é composto por dirigentes dos diversos serviços do Estado, com o propósito de apoiar os desalojados de Chã das Caldeiras e garantir o fornecimento dos serviços básicos, como abastecimento de água energia, saneamento e assistência médica e medicamentosa.
O gabinete de crise foi criado na reunião extraordinária do Conselho de Ministros realizada na noite desta segunda-feira.
Caso a Chã das Caldeiras for consumida pelas torrentes de lavas, o Governo já traçou um plano B, que consiste na construção de uma nova vila para acolher as famílias desalojadas. Para o efeito, o Governo deverá mobilizar meios com recurso a instituições financeiras internacionais como o Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional, Banco Africano de Desenvolvimento, Banco Árabe de Desenvolvimento Económico de África e fundos relacionados com catástrofe ou com as mudanças climáticas.
Para evitar o isolamento de Chã  das Caldeiras, o Governo pretende mobilizar meios de comunicação como telefones satélites e outros equipamentos o, assim como meios de transportes como barcos na região ou mesmo helicópteros para acudir qualquer situação de emergência.
Os serviços de protecção civil deverão receber novos equipamentos, como máscaras e óculos e poderão serão reforçados com especialistas provenientes das Ilhas Canárias, Espanha, Estados Unidos da América e Portugal.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top