PUB

Cultura

“O Evangelho segundo Jesus, rainha do céu” hoje no Auditório Nacional

“E se Jesus vivesse nos tempos de hoje e fosse uma travesti?!” é a interpelação e ao mesmo tempo provocação para o drama vivido por uma transgênero nos dias de hoje e que serve de base à peça “O Evangelho segundo Jesus, rainha do céu”, que sobe este sábado, 10, pelas 20H00 ao palco do Auditório Nacional, na Praia. Este é um dos cinco espectáculos da extensão do Mindelact à Capital.

A actriz brasileira Renata Carvalho, 33 anos, encarna a personagem de Jesus num espectáculo que tem sido alvo de múltiplas tentativas de censura no Brasil e que promete também atrair as atenções do público cabo-verdiano.

O texto é de Jo Clifford, numa peça dirigida por Natalia Mallo. E se Jesus vivesse nos tempos de hoje e fosse uma travesti?, é a pergunta, que serve de mote para o espectáculo, mistura de monólogo e contação de estórias, num enredo que mostra Jesus no tempo presente, na pele de uma mulher transgênero.

O espectáculo é para maiores de 18 anos e tem a duração de uma hora. Segundo a sinopse, nas “histórias bíblicas são recontadas numa perspectiva contemporânea, propondo uma reflexão sobre a opressão e a intolerância sofridas por pessoas trans e minorias, em geral, na sociedade”.

A peça remonta para histórias como “O Bom Samaritano, A semente de mostarda e A Mulher Adúltera”, como se se passassem nos dias de hoje, para contextualizá-las com a vivência quotidiana de transexuais, como a da própria atriz Renata Carvalho, que “encarna” então Jesus.

“O que Jesus faria”?, é outra das perguntas que norteia os “desafios morais e dilemas éticos”, num espectáculo que busca promover a construção de uma sociedade mais justa e tolerante e sensibilizar para questões com as quais os transexuais são confrontados na sua vida.

Renata Carvalho é actriz, professora e activista social com vinte anos de carreira no teatro. A sua interpretação oferece à montagem elementos da sua identidade política como travesti, ao mesmo tempo que apresenta uma Jesus brasileira, ambígua e multifacetada.

Extensão do Mindelact na Praia

Este é um dos cinco espectáculos da extensão do Festival Mindelact à capital. Além deste, ainda pode ver esta sexta-feira ,9, “Einstein”, uma peça do Teatro Extremo, de Portugal, com entrada gratuita no Centro cultural Português da Praia, às 20h.

No domingo, 11, sobe também ao palco a peça “Luminoso Afogado”, do Teatro Griot, de Portugal, também às 20h, e com entrada gratuita, mas no Palácio da Cultura “Ildo Lobo”, no Platô (na Praia).

A 24ª Edição do Mindelact decorre no Mindelo, São Vicente, desde o passado dia 2 e finda este domingo, 11, com 60 peças em cena.

GC

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top