Home » Mundo » UE chama embaixador na Tanzânia e revê relações com o país

UE chama embaixador na Tanzânia e revê relações com o país

País criminaliza relações entre pessoas do mesmo sexo.

A União Europeia (UE) chamou o seu embaixador em Dar-es-Salaam, capital da Tanzânia, por considerar que há uma “deterioração da situação dos direitos humanos e do Estado de Direito no país”.

Num comunicado enviado à “Associated Press”, a UE não cita questões específicas, mas há receio de uma repressão aos homossexuais, depois de uma autoridade regional ter pedido, na semana passada, a apresentação à Polícia e a prisão de homossexuais, num país onde as relações entre pessoas do mesmo sexo são criminalizadas.

O Governo da Tanzânia disse que o comissário da Polícia de Dar-Es-Salaam, Paul Makonda, estava a emitir uma opinião quando pediu que uma equipa denunciasse supostos homossexuais.

O activista Onesmo Olengurumwa, da Coligação de Defensores dos Direitos Humanos da Tanzânia, disse, segunda-feira, 5, que o pedido de Makonda para reprimir os homossexuais viola o direito à privacidade.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade