PUB

Mundo

França: PR adverte países de Leste que UE “não é um super-mercado”

O Presidente de França (PR), Emmanuel Macron, advertiu quatro países do Leste da Europa de que pertencer à União Europeia (UE) implica assumir responsabilidades e defender princípios e não apenas beneficiar de fundos.

“A Europa não é um super-mercado”, mas “um destino comum”, afirmou Macron, numa entrevista publicada na Hungria, Polónia, Eslováquia e República Checa no contexto da visita que faz a Praga e a Bratislava.

“Não é possível receber dinheiro do Orçamento Europeu sem mostrar solidariedade, por exemplo, na política de migrações”, vincou, alertando que “não podemos pretender reduzir a nossa contribuição para o Orçamento Europeu sem compreender o que o Mercado Único nos traz”.

O Presidente francês frisou que podem e devem haver diferenças, mas que “os valores devem ser preservados como uma riqueza conjunta”.

O Grupo de Visegrado, constituído por aqueles quatro países, tem liderado a oposição dentro da UE a políticas como a da repartição de refugiados.

Macron afirmou, também, que o Projecto Europeu “é uma responsabilidade conjunta que permite a todos, não perder mas fortalecer, a sua própria soberania”.

O Chefe de Estado referiu, ainda, aos processos abertos pela UE contra a Hungria e a Polónia, por atentarem contra valores europeus, que podem acarretar a perda do direito de voto nas instituições, frisando que se trata, “simultaneamente, de uma advertência e de um procedimento que assegura o diálogo”.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top