Home » Actualidades » Sal: Músicos levam “A Hora da Morna” às escolas no Dia Nacional da Cultura

Sal: Músicos levam “A Hora da Morna” às escolas no Dia Nacional da Cultura

Um grupo de músicos na ilha do Sal leva “A Hora da Morna” às escolas do ensino público, esta quinta-feira, para marcar o Dia Nacional da Cultura Cabo- verdiana, assinalado a 18 de Outubro.

Nelson Rendall, músico, promotor o evento, juntamente com outros músicos e agentes culturais, locais, disse que se pretende com a iniciativa denominada “A Hora da Morna” promover o folclore nacional junto dos adolescentes e jovens salenses.

“A Hora da Morna” consiste num pequeno concerto exclusivamente de mornas, com duração de aproximadamente uma hora, tendo como espaço de actuação específica, escolas do ensino público”, explicou.
Assim, a actividade arranca esta quinta-feira, Dia Nacional da Cultura Cabo-verdiana, no Liceu Olavo Moniz, das 11:50 até 12:50, seguindo-se a escola do ensino básico de Pretória, das 16:30 até 17:30 e, finalmente, no Pólo educativo da Escola Nova, das 16:30 até 17:30.

Nelson Rendall acrescenta ainda, que além de se pretender assinalar o Dia da Cultura, o programa é “uma singela contribuição” ao processo de candidatura da Morna como Património Imaterial da Humanidade, cujo resultado deverá ser conhecido em Dezembro 2019.

O dia 18 de Outubro foi decretado em 2005 pelo Governo, como o Dia Nacional da Cultura Cabo-verdiana.
A data homenageia o dia do nascimento de Eugénio Tavares, um dos maiores poetas de Cabo Verde.
A efeméride visa homenagear, também, todos os outros compositores, músicos e intérpretes, exaltar e reconhecer a sua importância e chamar atenção da sociedade cabo-verdiana para a necessidade de valorização do género musical.
Considera-se que se a distinção da UNESCO for alcançada, será outro “grande” passo para a morna.

Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade