Home » Actualidades » Janira Hopffer Almada não se vai recandidatar à liderança do grupo parlamentar do PAICV, mas vai apoiar Rui Semedo

Janira Hopffer Almada não se vai recandidatar à liderança do grupo parlamentar do PAICV, mas vai apoiar Rui Semedo

Já se perfilham três candidatos: José Sanches, Nuías Silva e Rui Semedo. Este último será apoiado por Janira Hopffer Almada. 

Janira Hopffer Almada não se vai recandidatar à liderança do grupo parlamentar do PAICV.

A notícia foi avançada pela página oficial de Fabebook desse grupo parlamentar, onde diz que depois de “muita ponderação” Janira Hopffer Almada havia comunicado durante as últimas Jornadas Parlamentares, aos seus “pares” que não se recanditará a essa liderança.

Conforme uma fonte do A NAÇÃO, já se perfilham três candidatos: José Sanches, Nuías Silva e Rui Semedo. Este último será apoiado por Janira Hopffer Almada.

No comunicado do Grupo Parlamentar do PAICV Janira Hopffer Almada faz um balanço “muito” positivo do desempenho da direcção cessante.

“O sentimento é de dever cumprido e advém do intenso trabalho desenvolvido e do nível de produtividade alcançado em que, por iniciativa do PAICV, tiveram lugar, na Casa Parlamentar, debates e interpelações sobre diversas matérias (Agronegócios, Educação, Relações Externas, Diáspora Cabo-verdiana, saúde, a situação económica, o mau ano agrícola); foram assumidas diversas declarações políticas; pedidos de criação de Comissões Parlamentares de Inquéritos (CPI´s) para os dossiers Novo Banco e Binter, além de pedidos de Fiscalização de Constitucionalidade (aguando da aprovação do OE para 2017 e, agora, com o Acordo SOFA), imprimindo maior dinamismo ao Parlamento e contribuindo para uma opinião pública cabo-verdiana melhor esclarecida e mais interventiva”, salientou.

Ainda na vertente Parlamentar realçou os Diplomas/Propostas em matérias estruturantes que deram entrada no Parlamento, por iniciativa do PAICV, como o Projecto de Lei que institui e regulamenta o Estatuto do Trabalhador Estudante; o Pacote do Poder Local (Estatuto dos Municípios; Novo Regime Financeiro dos Municípios e Lei de Tutela Administrativa sobre os Municípios); o Projecto de Revisão do Código Eleitoral e de Reforma do Estado e Regionalização. Isto, num total de 13 iniciativas já entregues, somadas a outras três que irão dar entrada ainda no decorrer deste ano (Revisão Constitucional; Lei da Transparência; Estatuto da Pequena Agricultura.

Relativamente à ambição de ter um Partido cada vez mais perto das populações e em sintonia com os seus desejos e aspirações destacam-se as visitas aos círculos eleitorais dos Deputados, a realização de Jornadas Descentralizadas em todas as Ilhas e Concelhos do País, bem como, a promoção de Jornadas Temáticas Abertas, em diversos momentos, e que tiveram ampla participação e contribuições substanciais da sociedade.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade