Home » Actualidades » São Vicente: Biosfera I denuncia aumento da captura e comercialização de carne de tartaruga por falta de fiscalização

São Vicente: Biosfera I denuncia aumento da captura e comercialização de carne de tartaruga por falta de fiscalização

A situação torna-se mais grave, já que, neste ano, regista-se um número considerável de desova de tartarugas.

Conforme informações avançadas pela RCV, a ilha de São Vicente está a registar muita captura e consumo de carne e ovos de tartaruga, a baixo preço, por falta de fiscalização.

A Associação Ponta d’Pom e seus voluntários deveriam estar a fiscalizar as praias da ilha de São Vicente, segundo a RCV, têm verbas para tal, disponibilizadas inclusive pela Direção Nacional do Ambiente, mas a instituição não tem viaturas para o transporte dos voluntários e as entidades públicas que, normalmente, cedem viaturas, este ano não o fizeram.

A situação torna-se mais grave, já que, neste ano, regista-se um número considerável de desova de tartarugas. As considerações são do responsável pela Biofera I, Tommy Melo, que diz que as denúncias partem, sobretudo, da população.

Estes casos são considerados crime, tendo em conta que a legislação mais recente que pune a captura, a comercialização, a venda e o consumo da carne de tartarugas.

C/ RTC

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade