Home » Lazer » A meio-gás

A meio-gás

Só de portos de águas profundas, o governo já prometeu três. Das taxas de segurança, lançou a aeroportuária e a portuária. Das evacuações, como não há quem obrigue a Binter a prestar serviços de emergência, arranjou-se um avião próprio, e tomara que já ninguém morra por falta de socorro. A chuva tarda e os fundos que se gastam em festas e festarolas, renovação da frota de carros oficiais, viagens e ajudas de custo, já davam como um pé-de-meia para mitigar o péssimo ano agrícola de novo a caminho. Estamos no país dos dois aviões e meio. Vamos cantando e rindo… a meio gás!

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade