Home » Actualidades » Caso Jovane Cabral: Federação Cabo-Verdiana de Futebol diz que assunto está com o departamento jurídico

Caso Jovane Cabral: Federação Cabo-Verdiana de Futebol diz que assunto está com o departamento jurídico

O seleccionador nacional de futebol, Rui Águas confirmou na segunda-feira (3) a ausência do futebolista Jovane Cabral no estágio em Lisboa de preparação de Cabo Verde.

Federação Cabo-verdiana de Furtebol (FCF) informou que já está a tratar do caso da eventual recusa de Jovane Cabral em se alinhar pelos Tubarões Azuis, estando o assunto no departamento jurídico.

O seleccionador nacional de futebol, Rui Águas confirmou na segunda-feira (3) a ausência do futebolista Jovane Cabral no estágio em Lisboa de preparação de Cabo Verde para o jogo com o Lesoto, a contar para as eliminatórias do CAN´2019.

Entretanto, através de um comunicado,  a FCF faz saber que começou no domingo, 02, em Lisboa, o estágio de preparação da seleção principal de Cabo Verde com a chegada dos jogadores ao hotel.

Os trabalhos, segundo informou a FCF, começaram às 11 horas locais com a avaliação clínica dos jogadores, devendo continuar no final da tarde desta segunda-feira, 03, com a primeira sessão de treinos, no Jamor.

“O ambiente é extraordinário e os mais novos foram bem acolhidos pelos mais experientes e dos convocados a única ausência é de Jovane Cabral, jogador do Sporting de Portugal. Internamente a Federação Cabo-verdiana de Futebol já está a tratar do caso, estando o assunto no departamento jurídico”, informou a mesma fonte.

Jovane Cabral, de 20 anos, no ano passado actuou pelo Sporting B, onde fez 14 jogos e na equipa principal jogou uma partida a contar para a Taça de Portugal.

O futebolista, que é natural de Santa Catarina, Cabo Verde, jogou no Desportivo de Nhagar e foi contratado pelo Sporting de Portugal depois de ser o melhor marcador nos Jogos de CPLP em 2014, realizados em Angola.

Foi convocado pela primeira vez, na altura com 18 anos, para a selecção de Cabo Verde pelo treinador Felisberto Cardoso para um jogo com a Líbia, a contar para as eliminatórias do CAN 2017.

O extremo voltou a ser convocado pelo agora seleccionador Rui Águas, para os próximos compromissos dos “Tubarões Azuis”, mas teria declinado o convite tendo em conta a sua opção de vir a representar a selecção portuguesa.

Cabo Verde enfrenta o Lesoto, no dia 09 de Setembro, na cidade de Maseru, em jogo a contar para a segunda jornada da fase de qualificação para o Campeonato Africano das Nações, CAN’2019.

Fonte: Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade