Home » Actualidades » São Vicente: Plataforma de estágios do IEFP com registo de 4300 jovens qualificados e 196 empresas em quatro meses

São Vicente: Plataforma de estágios do IEFP com registo de 4300 jovens qualificados e 196 empresas em quatro meses

A plataforma de estágios profissionais/empresariais do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) regista, actualmente, 4300 jovens qualificados e 196 empresas, desde a sua entrada em funcionamento, no mês de Abril.

A informação foi avançada na segunda-feira, no Mindelo, pelo presidente do conselho de administração do IEFP, Paulo Santos, para quem, se a plataforma for tomada como referência, estar-se-á na presença de um “instrumento potencial” das informações estatísticas, quer de número de vagas disponibilizadas, de número de candidatos, mas também para “sentir o pulsar e as expectativas” das pessoas em relação ao emprego, e determinar o número de empregos/colocados através da plataforma.

Para Paulo Santos este é um instrumento que o IEFP concebeu e coloca à disposição das empresas “sem nenhum custo”, com a vantagem, precisou, de um jovem, com um click, ter acesso às ofertas que ali são colocadas.

“É um mecanismo de interligação entre a oferta e a procura, pois temos de um lado as entidades que adirem ao programa, tem a opção autónoma de fazer gestão directa das ofertas de emprego” desde a divulgação até a pré-selecção e a selecção, lançou a mesma fonte, para quem, do outro lado, estão os candidatos com os currículos padronizados e acesso às informações de forma equitativa.

Ou seja, ajuntou, num país arquipélago é uma forma, investindo nas novas tecnologias, para dar acesso a informação a todas as pessoas em pé de igualdade.

“Trata-se de uma ferramenta de muita utilidade, que funciona de forma objectiva, transparente e imparcial e, com isso, estamos a criar todas as condições para ter essa melhor interacção entre a oferta e a procura”, concretizou a mesma fonte.

A apresentação de hoje, em São Vicente, enquadra-se no âmbito de um plano de acção de divulgação do Programa de Estágio Profissional Empresarial, já regulada em decreto-lei, sendo o IEFP a entidade gestora.

Por outro lado, assinalou a mesma fonte, o Governo tem trabalhado, através do Orçamento do Estado, e de “outros incentivos” a nível do Código dos Benefícios Fiscais, para incentivar as empresas na contratação de jovens com idade não superior a 35 anos.

“Temos neste momento dois incentivos, um que se encontra no Orçamento do Estado, no seu artigo 35, em que a empresa pode deduzir a colecta no montante mínimo de 20 mil escudos num período mínimo de seis meses, ou uma majoração em 150 por cento (%) com os encargos com estagiários”, precisou Paulo Santos.

A apresentação da manhã de hoje foi ainda oportunidade para o IEFP rubricar quatro protocolos de adesão ao programa com as empresas mindelense Bento SA, Sefi, SOS Elevadores e ATUNLO.

Fonte: Infopress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade