Home » Actualidades » Ilha Brava: Nove mil contos para  reabilitação de moradias e manutenção de vias de acesso

Ilha Brava: Nove mil contos para  reabilitação de moradias e manutenção de vias de acesso

Edil Francisco Tavares assegura que, até 2021, serão investidos perto de 60 mil contos nestas áreas.

A Câmara Municipal da Brava está a finalizar um Projecto de Reabilitação de Moradias, com “forte enfoque” na localidade de Furna, no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA).

Segundo o edil Francisco Walter Tavares – citado pela Inforpress -, o Projecto, orçado em cerca de nove mil contos, contempla moradias que necessitam de intervenção urgente na área do saneamento, nomeadamente casas de banho.

A autarquia acredita que com estas intervenções resolve-se “boa parte” dos problemas de saneamento e da segurança das habitações no que tange à  cobertura.

No âmbito do programa PRRA, até 2021, o município da Brava deverá investir cerca de 60 mil contos nesta área.

Ainda no quadro de investimentos a nível de infra-estruturas de requalificação, reabilitação de habitações e de vias de acesso, a Câmara já tem em andamento vários trabalhos.

“Estamos a construir uma casa de banho na zona de Cova Rodela e temos mais outras, cujas obras deverão iniciar em breve”, revelou à Inforpress, Francisco Tavares, acrescentando que as obras nesta localidade estão sendo realizadas com fundos da própria autarquia.

Também, em Nossa Senhora do Monte, estão a decorrer obras de reabilitação das vias de acesso a esta localidade, um Projecto da edilidade, financiado pelo Fundo Autónomo de Manutenção Rodoviária (FAMR), na verba de manutenção das estradas municipais.

Os trabalhos de reabilitação levados a cabo pretendem chegar, também, ao Miradouro (da época colonial), segundo o autarca, “como forma de manter este património com alguma dignidade e preservação”, facilitando, assim, a chegada das pessoas a este local.

Estas intervenções em curso tem um orçamento que ronda os 750 contos, mas Francisco Tavares notou que “este programa de manutenção das estradas municipais é de três mil contos, e deve ser realizado em dez meses”.

Estas intervenções, de acordo com o edil bravense, vão contribuir para a melhoria da segurança, o acesso automóvel a várias habitações, estradas municipais sem buracos e a melhoria no saneamento, permitindo a recolha de lixo em todas as localidades.

O projecto irá beneficiar todas as zonas da ilha, sendo que Cova Rodela de Baixo e Santa Bárbara são as próximas a serem contempladas com o Programa de Reabilitação e Manutenção de Estradas.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade