PUB

Mundo

São Tomé e Príncipe e Portugal reforçam cooperação

São Tomé e Príncipe e Portugal reforçaram cooperação nas áreas do emprego, segurança social e formação profissional na sequência de dois acordos assinados pelo ministro são-tomense do Emprego e Assuntos Sociais, Emílio Lima, e o seu o homologo luso, Vieira da Silva, que esteve de visita àquele arquipélago Lusófono do Golfo da Guiné.

Avaliados em cerca de seis milhões de euros, os Acordos de Parceira entre os dois ministérios e parceiros sociais para a Administração e Gestão do Centro de Formação Profissional de Budu-Budu, no centro da cidade de São-Tomé – a Capital -, surgem no âmbito da cooperação no emprego, formação profissional e luta contra a pobreza.

Além de ter considerado “um momento de confirmação de cerca de 20 anos de cooperação entre os dois países” o ministro português do Trabalho, Vieira da Silva, disse tratar-de uma garantia de “relevância” para “a continuidade e lançamento de novos desafios de cooperação entre os dois ministérios”.

Para o ministro são-tomense Emílio Lima, “os acordos vão reforçar a intervenção em várias áreas do emprego e dos assuntos sociais, acrescentado que “a formação profissional também sai reforçada” com inclusão dos parceiros sociais, nomeadamente: a Câmara do Comércio e os Sindicatos na Gestão do Centro de Formação Profissional de São Tomé.

Os novos acordos integram o Conselho de Parceiros de representantes dos parceiros sociais portugueses – União Geral dos Trabalhadores (UGT) e a Associação Nacional das Empresas Metalúrgicas e Eletromecânicas (ANEME), e são-tomenses – Organização Nacional dos Trabalhadores de São Tomé e Príncipe (ONTSTP), União Geral dos Trabalhadores (UGT) e a Câmara do Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços (CCIAS).

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top