Home » Actualidades » Reino Unido: departamento de segurança sobre viagens diz que o tempo de resposta da polícia em Cabo Verde pode “variar” e que os padrões de serviço “podem não ser tão elevados”

Reino Unido: departamento de segurança sobre viagens diz que o tempo de resposta da polícia em Cabo Verde pode “variar” e que os padrões de serviço “podem não ser tão elevados”

O departamento de segurança do Reino Unido actualizou mais uma vez a sua página dedicada aos conselhos de viagens a Cabo Verde para cidadãos ingleses.

O departamento de segurança do Reino Unido actualizou mais uma vez a sua página dedicada aos conselhos de viagens a Cabo Verde para cidadãos ingleses.

A página é actualizada periodicamente e não é a primeira vez que este departamento chama a atenção dos turistas para assaltos na ilha do Sal e Boa Vista, em especial.

Desta vez o documento informa os viajantes e turistas sobre o facto de o crime, em geral, afectar todas as ilhas de Cabo Verde, mas que “geralmente” o número de incidentes que afectam ingleses é “baixo”.

“Há relatos de assaltos e roubos nas principais ilhas turísticas do Sal e Boa Vista, por isso fique vigilante e de olho nos seus pertences. Deixe os objectos de grande valor no hotel e não ande com grandes somas de dinheiro, quando sair à rua. Evite zonas e áreas pouco iluminadas depois do anoitecer. Podem ocorrer pequenos crimes como roubo de malas ou carteiras, inclusive nas praias”, aconselha o relatório.

O mesmo documento chama ainda a atenção dos viajantes ou turistas para fecharem “todas portas e janelas à noite” e quando saem do hotel, assim como a ter cuidado com agressões sexuais. “São raras, mas podem acontecer. Esteja vigilante e evite áreas da praia mais isoladas ou de visibilidade limitada”.

Em caso de problemas com assaltos ou outro tipo de crimes, o departamento de segurança do Reino Unido aconselha os viajantes ou turistas a contactarem a polícia através do 132, mas alerta que o tempo de resposta da polícia pode “variar” e que  os padrões de serviço “podem não ser tão elevados quanto no Reino Unido”.

GC

Comentário

Publicidade