PUB

Desporto

Nacional de futebol: Equipas do Norte novamente em maioria

Neste fim-de-semana joga-se a primeira-mão das meias-finais do Campeonato Nacional de futebol. Pelo emparelhamento dos jogos, uma vez mais a região norte do arquipélago tem três equipas nesta fase, sendo o Mindelense o único repetente. O clube encarnado recebe o Palmeira, vencedor do grupo C, enquanto que Foguetões recebe a Académica da Praia.
São três as equipas da região norte de Cabo Verde que asseguraram a presença nas meias-finais, nomeadamente o Foguetões, o Mindelense e o Palmeira. Da região Sul, apenas a Académica da Praia marca presença nesta fase. Comparativamente ao ano passado o cenário é quase o mesmo. Na altura ao Mindelense juntavam-se o Ultramarina, Académica do Porto Novo e Sporting da Praia, sendo que no final este último acabou por arrecadar o troféu.
O sorteio dos jogos das meias-finais do campeonato nacional de futebol foi realizado na manhã da passada segunda-feira (14) na sede da Federação Cabo-verdiana de Futebol, cidade da Praia. O quadro dos jogos pôs a Académica da Praia no caminho do Foguetões. A primeira-mão acontece em casa da equipa de Santo Antão. Em São Vicente disputa-se a primeira-mão entre o Mindelense e a equipa do Palmeira.
Para esta fase da prova o Foguetões, tal como o Palmeira, chega como equipa-surpresa da fase de grupos, uma vez que a partida ninguém o apontava como favorito à passagem.
O Foguetões ficou no primeiro lugar do grupo B, com 11 pontos, batendo a concorrência de Belo Horizonte (9), Scorpion (9) e Morabeza (3). Na derradeira jornada da fase de grupos a equipa treinada por Palela perdeu pela primeira vez na prova, no reduto do Scorpion por 2-0. No outro embate deste grupo Morabeza foi goleado em casa por 4-0, frente ao Belo Horizonte.
Neste fim-de-semana o Foguetões  tem pela frente um adversário mais difícil, a Académica da Praia. Esta formação conseguiu ficar no primeiro lugar do grupo da morte (A), ao derrotar em casa a Académica do Porto Novo por 2-1. Com isso os “estudantes” da capital chegaram a marca dos 11 pontos. A Académica do Porto Novo ficou no terceiro posto, com oito pontos. O Mindelense que empatou em casa do Sal-Rei (2-2), ficou no segundo lugar, com 10 pontos. Já a equipa da Boavista, que entrou para a jornada sabendo que estava de fora da corrida, ficou-se pelo último lugar, com dois pontos.
Mindelense em duelo com Palmeiras
O outro duelo desta primeira-mão das meias-finais põe frente-a-frente, no Adérito Sena, Mindelense e Palmeira. Mindelense chega a esta fase como o melhor segundo classificado, enquanto que o Palmeiras foi o vencedor do grupo C, onde bateu a concorrência de Vulcânicos (8), Sporting (8) e Barreirense (8).
O Mindelense tem feito da sua consistência defensiva o seu melhor trunfo. A equipa não sofre muitos golos, mas também não marca. Em seis jogos consentiu quatro golos, marcou seis e não perdeu qualquer jogo. A jogar em casa o Mindelense pode usar da sua experiencia para se superiorizar ao Palmeiras.
A equipa do Sal tem uma palavra a dizer, inspirado pelo seu melhor jogador Latche, que até a época passada pertencia aos quadros do Mindelense. Aliás o extremo era umas das referencias atacantes da equipa de Rui Alberto Leite. Convém realçar que o Palmeira foi o vencedor num grupo onde estava inserido o campeão em título do Nacional, o Sporting da Praia.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top