PUB

Sociedade

Tribunal da Praia deixa acusados de pedofilia em liberdade

O Tribunal da Comarca da Praia deixou, na últimas semana, pelo menos dois acusados de pedofilia em liberdade, sob Termo de Identidade e Residência – TIR.
Um dos casos é do indivíduo de 45 anos, acusado da prática continuada de crimes de agressão sexual com penetração agravado à própria filha, desde quanto esta tinha 12 anos de idade.
Neste caso, sabe o A NAÇÃO, foi a própria vítima que procurou a Polícia Judiciária para denunciar o caso, sendo que ela morava com o pai e a madrasta. Como medida cautelar, a criança em questão encontra-se agora, segundo uma fonte judicial, sob os cuidados do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), não podendo o pai ter qualquer contacto com a mesma.
O outro caso é de um homem suspeito de abuso sexual de uma criança de sexo masculino, com penetração, ocorrido em Julho de 2017. O violador tem 44 anos, foi detido no passado dia 28 de Fevereiro, sendo que a criança tinha seis anos na altura da ocorrência.
Devido a casos do género há quem defenda que os casos de violação de menores deviam ser considerados crimes hediondos e por isso inexoráveis.
GSF

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top