PUB

Mundo

Vaticano: Papa lamenta que família seja considerada uma instituição desactualizada

 O Papa Francisco lamenta que a família seja considerada no Ocidente como uma instituição desactualizada e considerou ser urgente a adopção de políticas efectivas de apoio.

O Pontífice falava, segunda-feira, 8, durante o encontro anual com os diplomatas acreditados na Santa Sé.

“É sabido como a família, sobretudo no Ocidente, é considerada, infelizmente, uma instituição ultrapassada. Em vez da estabilidade de um projecto definitivo, preferem-se hoje ligações fugazes”, disse o Papa, adiantando que “não se mantém de pé uma casa construída sobre a areia de relacionamentos frágeis e volúveis”.

De acordo com a Lusa, o Papa defende que “é preciso a rocha, sobre a qual assentar bases sólidas. E a rocha é precisamente aquela comunhão de amor, fiel e indissolúvel, que une o homem e a mulher”.

Na sua intervenção, o Papa disse ser urgente que se adoptem políticas efetivas de apoio à família, considerando que é dela que depende o futuro e o desenvolvimento dos Estados.

Segundo Francisco, “vive-se um verdadeiro inverno demográfico”, sinal de sociedades que “sentem dificuldade em enfrentar os desafios do presente, tornando-se, por conseguinte, cada vez mais temerosas do futuro e acabando por se fechar em si mesmas”.

Jorge Bergoglio lembrou, ainda, a situação de famílias “dilaceradas por causa da pobreza, das guerras e das migrações”.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top