PUB

Fogo

Alemanha vai financiar construção da sede do Parque e estrada alternativa à Chã das Caldeiras

A Alemanha já garantiu o financiamento da construção do novo edifício sede do Parque (PNF), a construção da estrada entre Monte Velha/Campanas de Cima e trabalhos de conservação de solos e água e desenvolvimento de fruticultura na zona de Montinho.
A informação foi revelada este sábado pela ministra do Desenvolvimento Rural (MDR), Eva Ortet, durante a cerimónia de entrega de parcelas irrigadas, kits de produção de pecuária e de produção de queijos às famílias de Chã das Caldeiras.
Segundo Eva Ortet, a Alemanha já garantiu o financiamento do novo edifício sede do Parque Natural do Fogo (PNF), tendo colocado como exigência que o mesmo seja localizado fora de Chã das Caldeiras, uma vez que o edifício construído no interior da Caldeira e que custou cerca de 120 mil contos, foi consumido pelas lavas, poucos meses depois de entrada em funcionamento.
Além da construção do novo edifício, que deverá localizar-se em Achada Furna, sitio que vai albergar o novo assentamento humano, a Alemanha garantiu também o financiamento para a construção da estrada de acesso a Chã das Caldeiras pelo lado norte, entre Monte Velha e Campanas de Cima.
O projecto para a construção dessa estrada foi elaborado há mais de 10 anos, no quadro do antigo projecto de preservação dos recursos naturais da ilha do Fogo, PRNF, financiado pela Cooperação Alemã, e segundo a ministra Eva Ortet é o mesmo projecto que vai ser executado.
A construção da estrada alternativa a Chã das Caldeiras deverá custar mais de 600 mil contos devido a necessidade de construção de algumas obras de passagem hidráulica em pelo menos três ribeiras de grande dimensão.
Paralelamente a estes dois importantes projectos ligados a Chã das Caldeiras, a parte Alemã já fez saber que vai também financiar projectos na área de conservação de solos e água e de desenvolvimento de fruticultura na zona de Montinho, parte alta do município dos Mosteiros, sendo que grande parte é ocupada e trabalhada por famílias de Chã das Caldeiras.
O edil de São Filipe, Luís Pires, presente na cerimónia, disse que além dessas intervenções com financiamento garantido, a parte nacional está em negociação com a parte Alemã, para através do Banco Alemão de Reconstrução (KFW), financiar também o alargamento do aeródromo de São Filipe.
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top