PUB

Saúde

Serviços do HAN recebem certificados ISO 9001

Quatro serviços do Hospital “Dr. Agostinho Neto” (HAN), na Praia, receberam, dia 17, certificados de qualidade ISO 9001. Com isso, o centro de diálise, o banco de sangue, o laboratório de análises clínicas e o laboratório ELISA desse estabelecimento hospitalar, que já são de referência nacional, passam a ser reconhecidos mundialmente pela qualidade dos serviços que prestam.
O processo que conduziu à certificação desses serviços começou em 2011, com a elaboração de um plano estratégico do HAN, onde um dos objectivos é organizar o hospital focado na qualidade da prestação dos cuidados, numa perspectiva de ser uma referência na região.
Segundo a directora do HAN, o certificado ISO 9001 “é o primeiro passo para iniciar a gestão de qualidade”. “Existem outros sistemas de acreditação hospitalar, que são mais complexos e que exigem outros requisitos. Para alcançá-los temos que, primeiramente, nos organizar”, diz Ricardina Andrade.
“Optamos pela certificação ISO para podermos obter critérios de organização da gestão”, acrescenta aquela responsável do HAN, sem deixar de dizer que esta certificação “é a cereja em cima no bolo”, acrescenta.
SEGUIMENTO E MONITORIZAÇÃO
De acordo com a mesma fonte, o trabalho preparatório que conduziu à presente certificação dos referidos serviços do HAN começou há quatro anos com a organização do hospital, com planificação, objectivos, planos operacionais, seguimento e monitorização. “Ou seja”, sublinha, “desde o primeiro momento, com a elaboração do plano estratégico, começámos a desdobrar esse plano em planos anuais, operacionais e com periodicidade mensal de reporte”.
Nesta primeira fase, a direcção do HAN elegeu a área da bio segurança, os laboratórios, “por ser uma área muito crítica, onde há manipulação do sangue e por ser um meio de diagnóstico”, e nessa perspectiva foram escolhidos esses quatro serviços para a certificação.
“Pondo a meta na certificação, foi possível impulsionar a equipa a adoptar essa nova cultura, foi um processo que começou com a formação de 45 auditores internos em ISO 9001. Foi aí que começou o processo, que permitiu formar todas as chefias em matéria de gestão, para poderem conhecer os conceitos da planificação, da qualidade e dos processos”.
Nível internacional
Ricardina Andrade refere ainda que a meta inicial era organizar e certificar os serviços do centro de diálise, o banco de sangue, o laboratório de análises clínicas e o laboratório ELISA, no que ressalva: “Todos os outros serviços estão a ser organizados com o propósito de virem a ser certificados”.
Essa certificação significa para o HAN, assim como para os seus colaboradores e utentes, que os quatro serviços em referência “cumprem os requisitos da norma e fazem aquilo que tem que ser feito para garantir a qualidade do serviço que prestam, ou seja, o nosso serviço de diálise garante, através do selo, a nível internacional, que presta um serviço seguro”.
RADIOGRAFIAS
O Centro de Diálise foi inaugurado em Agosto de 2014 e, até Novembro, deste ano já atendeu 175 doentes. O Centro de Sangue, que em 2006 começou a funcionar em espaço próprio tem uma média anual de 936 doações e 1.301 transfusões. O Laboratório de Análises Clínicas, que é de referência nacional, com a missão de realizar e disponibilizar resultados analíticos de qualidade e em tempo útil, atende uma média anual de cerca de 56 mil utentes.
E, por último, o Laboratório ELISA, inaugurado em 1987, é o de referência nacional para o VIH e tem como missão auxiliar os clínicos no diagnóstico serológico, seguimento laboratorial dos doentes seropositivos e triagem dos doadores com resultados de “elevada qualidade”, prestando um serviço “humanizado”. Este laboratório atende 15 mil utentes por ano.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top