PUB

Santiago

População do bairro do Brasil precisa de mais oportunidades e mais emprego – embaixador EUA

O embaixador dos Estados Unidos da América em Cabo Verde, Donald Heflin, disse hoje que a população do bairro do Brasil em Achada Santo António, Cidade da Praia, precisa de “mais oportunidades e mais emprego”, principalmente os jovens.
Donald Heflin fez estas considerações à margem da visita que realizou esta manhã ao bairro piscatório do Brasil, para quem o desejo de conhecer de perto o bairro se deve ao facto de serem vizinhos e também para conhecer as oportunidades e os desafios que enfrentam esses moradores.
O embaixador lembrou que a sua representação diplomática já apoiou o bairro com quatro botes de pesca aos pescadores, que no futuro há possibilidades de apoiar com mais e que ficou “satisfeito” por saber que todos trabalham como qualquer pessoa.
“Vamos trabalhar com o Governo e empresários cabo-verdianos para que haja oportunidades para todos”, garantiu.
Já Euclides de Pina, presidente da Associação Amigos do Brasil informou que esta visita tem como objectivo dar a conhecer ao diplomata americano os problemas do bairro, conhecer um pouco a história da associação, que ao seu ver tem trabalhado “incansavelmente” para ajudar a população a vencer os desafios da vida.
Apoios para peixeiras designadamente malas térmicas e arcas frigoríficas e apoios com instrumentos de pesca para os pescadores e possibilidades de conseguir formações profissionais para que os jovens possam sair do desemprego, que considerou de “muito alto”, são alguns dos pedidos que fez ao diplomata.
Quanto à formação profissional em diversas áreas, avançou que vai de encontro ao empreendimento turístico do “Djeu”, sustentando que mais de 100 jovens do bairro precisam desta formação.
Recordou que a associação já reabilitou mais de 70 casas, construiu outras de raiz, apoiou os pescadores com 20 botes e motores, sendo quatro apoiados pela Embaixada americana.
A Associação Amigos do Brasil tem vindo igualmente a apoiar com materiais escolares a 400 crianças e com construção de casas de banho, afirmando que 95% da população já as têm, sendo 70% feito pela associação que dirige com apoios de parceiros.
Segundo Euclides de Pina, o bairro do Brasil, em Achada Santo António, é uma zona piscatória, ou seja, 90 por cento (%) da população vive da pesca (pescador e peixeira) e o desemprego juvenil ronda os 97 %.
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top