PUB

Sociedade

Cabo-verdiana detida em São Tomé por alegado envolvimento em tráfico de pessoas

Uma cidadã cabo-verdiana envolvida, alegadamente, numa rede de tráfico de seres humanos foi detida pela Polícia de Investigação Criminal (PIC) são-tomense, com apoio da Interpol e da congénere gabonesa.
Na sequência do desmantelamento dessa rede, quatro pessoas estão detidas em Libreville e em São Tomé uma foi constituída arguida depois de ter sido ouvida pelo Ministério Publico (MP). Três das quatro pessoas detidas em Libreville são mulheres.
Dessas quatro pessoas, uma é são-tomense, outra é cidadã cabo-verdiana e as restantes têm nacionalidade gabonesa.
Segundo o inspetor Avelino Quaresma, a rede opera a partir de Libreville mas com contactos em São Tomé e Príncipe, onde eram feitos contratos com promessa de trabalho no Gabão, onde reside uma importante comunidade são-tomense de cerca de 10 mil pessoas.
Esta semana uma jovem são-tomense de 26 anos foi deportada de Libreville, onde foi vendida a um cidadão gabonês, identificado como sendo Ndjalakya Jean Aime.
A polícia acredita que o tráfico da jovem são-tomense, residente na cidade de Neves, cerca de 45 quilómetros a norte da capital, pode estar relacionada com o desaparecimento de várias pessoas em São Tomé, algumas das quais de menor idade.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top