PUB

Política

Sessão parlamentar deste mês debate sustentabilidade e desafios do ensino superior

A sustentabilidade e os desafios do sector do ensino superior em Cabo Verde é um dos temas a ser debatido na sessão parlamentar deste mês, que tem início na segunda-feira, 25, conforme adiantou hoje, Felisberto Vieira do PAICV.
O líder do grupo parlamentar do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, que falava à imprensa, depois de um encontro com a direcção da Universidade Intercontinental de Cabo Verde (UNICA), disse que será analisado um conjunto de questões que inclui debate sobre o ensino superior no país, e uma análise profunda sobre os ganhos, desafios e a sustentabilidade da mesma.
Segundo Felisberto Vieira, o seu partido pretende fazer uma avaliação “séria, responsável e rigorosa”, saber qual é a actual situação do país, para que as várias forças políticas com assento no parlamento possam juntos encontrar soluções para os desafios e sustentabilidade deste sector, que no seu ver é estruturante para o arquipélago.
O deputado avançou que durante o encontro, fizeram o diagnóstico da situação da instituição que tem várias valências de formação na área de saúde, e do desporto, frisando que ficaram surpreendidos, tendo em conta que a empregabilidade neste sector ronda os 90 por cento (%), ou seja, grande parte dos alunos estão inseridos no mercado de trabalho.
“Para nós é uma grande satisfação, já que a universidade tem projectos ambiciosos, nomeadamente a construção de um novo campo universitário com alojamentos para estudantes e professores, um complexo desportivo de alto rendimento e um espaço para albergar uma escola internacional com valência do pré-escolar e do Ensino Básico Integrado (EBI)”, acrescentou.
Para o líder parlamentar do PAICV, a instituição está a dar um grande contributo para o desenvolvimento do ensino e da educação em Cabo Verde e sublinhou que a mesma merece todo o respeito e admiração.
No seu ponto de vista, a educação é um elemento estruturador da sociedade cabo-verdiana e realçou que Amílcar Cabral já dizia que o único e principal recurso de Cabo Verde é o homem, e que a sua valorização e preparação para a área do saber, do conhecimento científico, da ciência e da investigação é excepcional para a construção do futuro de Cabo Verde.
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top