PUB

Sociedade

Vencedores do Prémio Nacional de Jornalismo da edição 2014 vão receber 500 mil escudos cada

Os vencedores do Prémio Nacional de Jornalismo de Cabo Verde da edição 2014, na categoria televisão, imprensa escrita e rádio foram divulgados hoje, na Cidade da Praia, e vão receber 500 mil escudos cada.
Em declarações à imprensa, a presidente da AJOC Carla Lima, adiantou que escolha foi feita com sinceridade e honestidade por parte do corpo de jurados, na perspectiva de premiar profissionais, estimulando-os a continuarem a árdua tarefa de informar e formar.
“Para este ano recebemos 20 trabalhos candidatos ao prémio, o que consideramos um avanço em relação ao ano anterior. Isso é prova de que as mudanças que foram feitas no regulamento eram necessárias”, disse.
Na edição 2014 o júri decidiu por unanimidade atribuir o prémio para trabalho em televisão à jornalista Aidé Carvalho pela sua reportagem “Para além das limitações” que abordou a deficiência de uma forma inovadora e criativa.
Na categoria rádio o prémio foi para o trabalho de Júlio Vera Cruz, a entrevista com a ministra Marisa Morais, que trouxe ao público actualidade e respostas a questões pendentes.
O prémio dedicado à imprensa escrita foi atribuído ao jornalista Daniel Almeida, com o trabalho “TACV reforçar medidas para evitar inadmissíveis nos voos para Fortaleza” onde o repórter foca e bem a situação do tráfico.
Segundo Carla Lima, entre os trabalhos apresentados, quatro deles formam desclassificados por não se enquadram no critério do que se reconhece como sendo trabalho jornalístico, pelo que chama a atenção das pessoas que continuam a concorrer sem serem portadoras de uma carteira profissional.
Os vencedores serão premiados por uma quantia de 500 mil escudos e uma destinação de participação.
Fonte: Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top