PUB

Economia

Emprego nas unidades hoteleiras cresce 9,2% em 2014

Os dados constam do Inventário Anual dos Estabelecimentos Hoteleiros realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e dão conta que em finais de 2014, os estabelecimentos inventariados empregavam cerca de 6.282 pessoas, equivalente a um acréscimo de 9,2% em relação a 2013.
Os hotéis continuam a empregar o maior número de pessoas, representando cerca de 80,3% do total do pessoal. Seguem-se as pensões e os hotéis apartamentos, com, respectivamente, 6,2% e 4,3%.
A ilha do Sal absorve a maior fatia de pessoal a trabalhar nos estabelecimentos de alojamento turístico. Cerca de 47 em cada 100 empregados dos referidos estabelecimentos estão nessa ilha; em seguida aparecem as ilhas da Boa Vista, com 28,1% e de Santiago com 12,0%.
Nacionais lideram
O pessoal remunerado representa 98,8% do total do pessoal empregado. Além disso, a grande maioria do pessoal empregado (89,9%), é nacional. De igual modo, 57,9% desse mesmo efectivo é mulher.
Do pessoal ao serviço remunerado, 74,1% tem contrato a termo, 23,7% tem contrato permanente e apenas 2,1% não tem contrato. Dos com contrato a termo, 31,3% tem contrato de 3 meses, 28,5% tem contrato de 6 meses e 40,1% tem contrato de um ano ou mais.
Por categoria de pessoal ao serviço, a restauração representa 17,6 do pessoal, a cozinha representa 14,2%, andares (12,1%) e limpeza (10,9%). As categorias menos representativas são o controlo (1,1%), o economato com 1,4% e a pastelaria com 2,2%.
Segundo o escalão de pessoal ao serviço, continuam a ser mais representativos os estabelecimentos hoteleiros que empregam 3 a 5 pessoas, com cerca de 29,7%. Seguem-se os estabelecimentos que empregaram 1 a 2 pessoas e 6 a 9 pessoas com, 23,1% e 16,2%, respectivamente.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top