PUB

Política

PR não comenta pedido de demissão de Cristina Fontes Lima

O Presidente da República não comenta o facto de a ministra-adjunta e da Saúde ter colocado o seu lugar à disposição. Jorge Carlos Fonseca confirmou, no entanto, que enviou uma mensagem a Janira Hopffer Almada a felicitá-la pela sua eleição como líder do PAICV.
“Tentei, no próprio dia dos resultados das eleições, mas, por razões talvez compreensíveis, o telefone dela estava muito ocupado”
O Chefe de Estado não conseguiu ainda falar com Janira Hopffer Almada, mas enviou uma mensagem de felicitação.
“Como Presidente da República enviei-lhe uma mensagem de felicitações pela vitória, desejei-lhe sucessos no exercício das novas funções e disponibilizei-me, como Chefe de Estado, como tenho feito até o momento, para, com ela, enquanto líder de um dos partidos cabo-verdianos e, neste caso o partido do Governo, de trabalhar e de contactar com realidade para discutir assuntos que têm a ver com o estado da nossa democracia e o bem-estar da comunidade”, frisou.
Nas primárias do PAICV, Janira Hopffer Almada obteve 51,24 por cento dos votos, contra 40,31 de Felisberto Vieira e 8,45 de Cristina Fontes Lima. Na sequência desses resultados, a ministra-adjunta e da Saúde, Cristina Fontes Lima, colocou o seu lugar à disposição.
Jorge Carlos Fonseca prefere não fazer grandes comentários. “Temos um Governo, que é chefiado por um primeiro-ministro, que foi nomeado nos termos constitucionais…O presidente guia-se pela Lei Fundamental. Não há quaisquer razões que importam por parte do Presidente algum outro tipo de atitude, que, senão, de continuar a trabalhar com o Governo que resulta de eleições democráticas e tem toda a legitimidade para governar”.
O Chefe de Governo, José Maria Neves, está em Portugal em visita oficial, por isso, ainda não se sabe se vai remodelar ou reconduzir a sua ministra-adjunta e da Saúde.
 

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top