PUB

Mundo

Sócrates: Tribunal determina prisão preventiva de ex-primeiro-ministro – advogado

O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal aplicou hoje a prisão preventiva a José Sócrates como medida de coacção, no âmbito de um processo por crimes económicos, indicou o advogado à saída do Campus de Justiça, em Lisboa.
João Araújo disse aos jornalistas que “a decisão é profundamente injusta e injustificada” e que irá “interpor recurso” da prisão preventiva do ex-primeiro-ministro.
Depois de ter sido detido na sexta-feira à noite, no aeroporto de Lisboa, José Sócrates começou a ser interrogado no domingo, e hoje foi-lhe determinada a prisão preventiva num processo por suspeitas de fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção.
Além de José Sócrates, foram também detidos o antigo administrador do grupo Lena de construção Carlos Santos Silva, o motorista do ex-governante João Perna e o advogado Gonçalo Trindade Ferreira.
Fonte: Lusa

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top