Home » Opinião (Page 42)
De 2015 para 2016, apesar de tudo – no fim -, a esperança
8 Jan
2016
Escrito por A Nação

De 2015 para 2016, apesar de tudo – no fim -, a esperança »

Opinião
705

“A esperança obriga-nos a recomeçar dezenas de vezes a mesma coisa. Ou ir dezenas de vezes pelo mesmo caminho.”  (Charles Péguy, Os portais do mistério da segunda virtude)

Leia Mais...
Os jovens e a política
7 Jan
2016
Escrito por A Nação

Os jovens e a política »

Opinião
1448

Neste momento fala-se muito da fraca participação dos jovens na política e na adesão ao recenseamento eleitoral. A meu ver este facto deve-se sobretudo às promessas não cumpridas, às expectativas defraudadas e ao sucessivo adiamento do futuro da nossa juventude por parte do Governo. E é muito importante não esquecer que a Ministra da Juventude e do Emprego é a jovem Janira Almada.

Leia Mais...
Quem quer esse país em 2016?
7 Jan
2016
Escrito por A Nação

Quem quer esse país em 2016? »

Opinião
630

O ano 2015 assemelhou-se a uma prova de fogo que todos tivermos de enfrentar, particularmente os que tinham a missão de conduzir o barco. Dir-se-ia que o barco navegou em águas turbulentas, mas que chegou ao seu porto. E que no final, passámos no exame. Nem com distinção nem louvor, mas passámos.

Leia Mais...
2015 e as migrações
7 Jan
2016
Escrito por A Nação

2015 e as migrações »

Opinião
589

Ao falar do ano 2015 sobre as migrações é obrigatório colocar em cima da mesa a maior crise dos refugiados que a Europa teve de enfrentar desde a II Guerra Mundial, bem como os atentados de Paris.

Leia Mais...
Não existe nenhuma justificação para o orçamento rectificativo 2015 da CMP
7 Jan
2016
Escrito por A Nação

Não existe nenhuma justificação para o orçamento rectificativo 2015 da CMP »

Opinião
902

A Câmara Municipal da Praia (CMP) e seus representantes, chefiado pelo seu presidente e (re)candidato a primeiro-ministro de Cabo Verde, Sr. Ulisses Correia e Silva, aprovaram na sessão ordinária de 7 e 8 de Dezembro passado, o orçamento rectificativo para 2015, sem nenhuma justificação técnica e legal, a escassos dias do final do exercício económico e orçamental, bem como do seu próprio mandato como edil da Praia, cujas eleições foram marcadas para 20 de Março de 2016.

Leia Mais...
Os jovens e as eleições
31 Dez
2015
Escrito por A Nação

Os jovens e as eleições »

Opinião
566

A comunidade política e a autoridade pública buscam, fundo, o seu fundamento na natureza humana e, por isso, pertencem à ordem estabelecida pelas leis fundamentais que regem a existência humana, na sua assunção imanente.

Leia Mais...
Convergência das redacções na RTCI, grau de rejeição é considerável
31 Dez
2015
Escrito por A Nação

Convergência das redacções na RTCI, grau de rejeição é considerável »

Opinião
824

A indústria dos media é hoje marcada por profundas reconfigurações, resultantes dos avanços nas telecomunicações e na tecnologia digital nas ultimas três décadas. Neste tempo que Geovani Sartori chama de “idade multimédia”1, a organização das empresas e os jornalistas são desafiados a se realinharem de acordo com mudanças tecnológicas nas áreas da captação, produção, distribuição e acesso aos conteúdos.

Leia Mais...
PDM da Praia – Um problema de ética e de crime territorial e urbanístico
31 Dez
2015
Escrito por A Nação

PDM da Praia – Um problema de ética e de crime territorial e urbanístico »

Opinião
668

O Plano Director Municipal (PDM) é o instrumento mais importante de planeamento e ordenamento do território a nível municipal, através do qual: indica-se a melhor localização para as habitações, escolas, parques verdes, áreas para o comércio, indústria; turismo, áreas urbanas a recuperar, a urbanizar, como resolver os problemas, como salvaguardar os recursos, fazer o aproveitamento das potencialidades, visando a organização e harmonia do território e melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Leia Mais...
Justiça na distribuição da riqueza
26 Dez
2015
Escrito por A Nação

Justiça na distribuição da riqueza »

Opinião
617

Confrontados, com a rápida urbanização e surgimento de novas oportunidades, na Praia, Mindelo e nas ilhas do Sal e da Boavista, os cabo-verdianos, sofreram e sofrem a erosão das ligações familiares e comunitárias tradicionais, uns por questões de sobrevivência, outros por motivo de integração social profissional, no mercado de trabalho, dificilmente realizável nas suas ilhas e comunidades originais, neste pais insular, com um cunho socio económico extremamente desigual entre ilhas e elevada taxada de desemprego jovem, toda uma situação resultante da inexistência desde 1975, á presente data de uma politica de desenvolvimento social coeso

Leia Mais...
A sina novembrina e a gestão do estresse nas forças policiais
24 Dez
2015
Escrito por A Nação

A sina novembrina e a gestão do estresse nas forças policiais »

Opinião
572

“Humanidade sem clareza é como ter um terreno arável e não cultivá-lo e coragem sem humanidade é como saber colher mas não saber semear» Fushan Yuan”, (1889-1956)

Leia Mais...
De olho nas eleições
16 Dez
2015
Escrito por A Nação

De olho nas eleições »

Opinião
698

A realização da eleição para o Grupo Consultivo das Comunidades, na Holanda a 20 de Dezembro de 2015 é um acto crucial para a comunidade Cabo-verdiana, por vários motivos. Primeiro, porque é pela primeira vez que se realiza uma eleição do género na Holanda. Em segundo lugar, este cenário eleitoral está a viver e ganhar cada dia mais um clima marcadamente político, à semelhança do que tem estado a acontecer com as eleições políticas em Cabo Verde.

Leia Mais...
Nu ben konta partis: Ka ta txiga 1 kilu!
2 Dez
2015
Escrito por A Nação

Nu ben konta partis: Ka ta txiga 1 kilu! »

Opinião
938

Na anus 60 di sekulu XX, Txiku di Ana ba Purtugal. Txiku ka sabeba le. Antis di el nbarka, el ta viveba na un aldeia di interior di un di nos ilhas.

Leia Mais...