Home » Actualidades » Santo Antão: Munícipe da Ribeira Grande propõe referendo sobre processo de regionalização

Santo Antão: Munícipe da Ribeira Grande propõe referendo sobre processo de regionalização

O munícipe do concelho da Ribeira Grande Helder Salomão propôs hoje a realização de um referendo para que o povo possa pronunciar-se acerca das propostas de regionalização em discussão na sociedade cabo-verdiana.

O munícipe do concelho da Ribeira Grande Helder Salomão propôs hoje a realização de um referendo para que o povo possa pronunciar-se acerca das propostas de regionalização em discussão na sociedade cabo-verdiana.

Helder Salomão, que aceitou falar aos jornalistas no final de um encontro promovido pela Assembleia Municipal da Ribeira Grande para socializar propostas de regionalização junto da sociedade civil, disse que a regionalização é um “processo bom” para o país, mas “deve ser discutido sem que os partidos pretendam retirar dividendos ou reclamar a paternidade do processo”, razão porque “o povo deve ser chamado a pronunciar-se em referendo”.

O encontro, promovido pela Assembleia Municipal da Ribeira Grande teve lugar hoje, no Centro Agrícola de Afonso Martinho, com vista à socialização da proposta de lei de regionalização submetida pelo Governo e do projecto de lei apresentado pelo grupo parlamentar do PAICV (oposição).

A apresentação dos documentos esteve a cargo do presidente da Assembleia Municipal da Ribeira Grande, Arlindo Fortes, que fez notar as semelhanças e principais diferenças entre a proposta de lei do Governo e o projecto de lei do grupo parlamentar do PAICV.

Embora não fosse uma imposição legal, a assembleia municipal decidiu levar os documentos à discussão junto da sociedade civil ribeira-grandense porque, segundo Arlindo Fortes, “há um défice de debate público sobre o processo de regionalização, aqui na Ribeira Grande” e o encontro tinha o objectivo de “colmatar essa lacuna”.

Por isso foi agendado este acto público que contou com a presença de “forças vivas” e população do concelho da Ribeira Grande, com vista à recolha de subsídios que serão tidos em conta durante a sessão extraordinária da assembleia municipal, marcada para 04 de Outubro, durante a qual se produzirá uma deliberação que será enviada à Assembleia Nacional.

Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade